Semicondutores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 5 (1091 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 29 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
COLÉGIO POTÊNCIA
DISCILPINA: QUÍMICA
PROFESSORA: MARIANA

TRABALHO DE QUÍMICA
SEMICONDUTORES

ALUNO: VICTOR FERNANDES VARELA ANDRADE
2º MÓDULO

Minas Gerais
Junho de 2011
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO
2 TIPOS E DIFERENÇAS DE CONDUTORES
3 SEMICONDUTORES INTRÍNSECOS
4 EXEMPLOS DE SEMICONDUTORES
5 DIFERENÇA ENTRE SEMICONDUTOR N E P
6 EFEITO HALL
7 RELATÓRIO DESEMICONDUTORES NO TRABALHO
8 CONCLUSÃO
9 REFERÊNCIAS BIBILIOGRÁFICAS

1 INTRODUÇÃO
Semicondutores são sólidos cristalinos de condutividade elétrica intermediária entre condutores e isolantes. Os elementos semicondutores podem ser tratados quimicamente para transmitir e controlar uma corrente elétrica.
Possuem em sua composição o silício e o germânico, além do gálio, do cádmio, arsênio etelúrio, que formam ligações covalentes semelhantes a dos materiais cerâmicos, podendo ser considerados como uma subclasse da cerâmica. Possuem propriedades elétricas que são intermediarias entre aquelas apresentadas pelos condutores elétricos e pelos isolantes.
Seu emprego é importante na fabricação de componentes eletrônicos tais como diodos, transístores e outros de diversos graus decomplexidade tecnológica, microprocessadores, e nanocircuitos usados em nanotecnologia. Portanto atualmente o elemento semicondutor é primordial na indústria eletrônica e confecção de seus componentes.
2 TIPOS E DIFERENÇAS DE CONDUTORES
Sólidos:
Normalmente os metais, como o ouro, a prata e o cobre são citados como condutores e outros sólidos como a madeira, o papel e o plástico são citados como nãocondutores. O que poucas vezes é dito e que na verdade, para um material ser ou não condutor, depende do valor da diferença de potencial a que ele está sendo submetido.
Portanto, qualquer material pode ou não ser condutor de corrente elétrica, isto depende da diferença de potencial a que ele estiver sendo submetido.
Nos metais, quando submetidos a uma diferença de potencial, a corrente elétricaé constituída por elétrons livres movimentando-se,sendo atraídos pelo pólo positivo e repelidos pelo pólo negativo, ordenadamente no sentido de b para a, através do fio condutor.

Líquidos:
Podemos citar como exemplo as soluções básicas ácidas ou salinas. Numa solução salina, água pura com sal de cozinha (NaCl), onde aparecem cátions (íons positivos) Na+ e ânions (íons negativos) Cl-. Temosíons quando um átomo ganha ou perde elétrons. Ao colocarmos na solução duas placas condutoras ligadas a uma bateria, os cátions Na+ formarão uma corrente elétrica dirigindo-se ao pólo negativo, e os ânions Cl- formarão uma corrente dirigindo-se ao pólo positivo.

Gasosos:
Como exemplo podemos citar o sódio, o fósforo, o mercúrio, o néon etc. Nesses condutores, ocorre o movimento ordenado de ânionse elétrons para o pólo positivo e de cátions para o negativo. Os gases em geral são isolantes, mas, quando ionizados tornam-se condutores.

3 SEMICONDUTORES INTRÍNSECOS
Um semicondutor intrínseco é definido pelo fato que a sua condutividade vêm dele próprio. Por exemplo, se falamos de silício intrínseco, as cargas livres capazes de conduzir corrente elétrica vem exclusivamente de átomos desilício. Assim sendo, um semicondutor intrínseco é muito puro e praticamente não contêm impurezas.
Os semicondutores intrínsecos são o Silício (Si) e o Germânio (Ge). Para se obter semicondutores com propriedades de condução especifica adiciona-se impurezas no semicondutor puro, formando semicondutores extrínsecos.

4 EXEMPLOS DE SEMICONDUTORES
Semicondutores intrínsecos: Silício (Si) eGermânio (Ge).
Semicondutores extrínsecos: Intrínseco + impurezas (Fósforo, Boro, etc). Obtêm-se do tipos N ou P.
Semicondutores compostos: Obtêm-se com a junção de dois elementos. Um semicondutor composto é o Arsenieto de Gálio (Gálio + Arsênico).

5 DIFERENÇA ENTRE SEMICONDUTOR N E P
Silício "extrínseco" tipo "P"
Um semicondutor tipo P é obtido através do processo de dopagem, adicionando-se...
tracking img