Seguranca do trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE DOS DIVERSOS RISCOS OCUPACIONAIS DE UMA EMPRESA DE EMBALAGENS PLÁSTICAS
Michelle Cristina Ichida, (1), César Augusto Patta (2), Luiz Carlos Morrone (3), Flávio Tsuyoshi Suto(4). Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo - Departamento de Medicina Social Rua Dr. Cesário Mota Jr, 61 – 5ºA – Santa Cecília - CEP: 01221–020 São Paulo, SP Email: morronelc@uol.com.br Monografiaapresentada para obtenção do Certificado de Conclusão do XXVIII Curso de Especialização em Medicina do Trabalho, (1) Médica do Trabalho, autora da Monografia, (2) Orientador , (3) Co-orientador, (4) Colaborador.

Introdução: Os plásticos são materiais derivados da transformação do petróleo. A produção de plásticos no Brasil alcançou 3,4 milhões de toneladas em 1999. O enfoque desse trabalho é aindústria de embalagens em PEAD (Polietileno de Alta Densidade), com moldes por sopro de ar comprimido. Os principais riscos descritos no processo de produção que envolva material plástico são as lesões em máquinas, queimaduras, disposição inadequada de máquinas, acidentes por queda devido a óleos ou grãos no solo. O ruído também é um risco descrito neste tipo de empresa. A empresa estudada nestamonografia encontra-se no mercado há 12 anos, com produção mensal de 650 mil frascos. Objetivos: Avaliar a empresa de embalagens plásticas, objetivando o processo e organização produtivos, saúde, higiene e segurança no trabalho; analisar os fatores de risco ocupacionais e controles existentes; sugerir mudanças. Material e Métodos: Trata-se de um estudo descritivo. Feito um inquérito preliminar,análise do PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), análise prévia de 5 postos de trabalho e do processo produtivo, avaliação dos níveis de ruído, calor, iluminamento e riscos ergonômicos, avaliação clínica dos trabalhadores individualmente, análise dos prontuários médicos e pesquisa bibliográfica. Resultados e discussão: A empresaconta com 40 funcionários, grau de risco 3, possui uma jornada de trabalho com freqüentes horas-extras. O PPRA e PCMSO da empresa são bastante resumidos. O nível de ruído foi excessivo em três das seis máquinas e em todos os moinhos. Apenas seis trabalhadores usavam protetor auricular. Os níveis de calor não superaram o permitido pela norma regulamentadora, mas de acordo com o cálculo detemperatura efetiva, é desconfortante. O iluminamento é deficiente em todas as máquinas e no setor de serigrafia. As ferramentas ergonômicas não apontaram riscos importantes. Durante a anamnese, destaque para os 75% de etilistas e 46% de funcionários com vacina antitetânica atrasada. Ao exame físico, 25% dos trabalhadores apresentaram níveis elevados de pressão arterial. Conclusão: O processo produtivo deveser modificado; a empresa apresenta diversos riscos físicos e de acidentes; diversas medidas devem ser tomadas para gerar melhorias, entre elas: limitar a jornada de trabalho e reduzir as horas extras; instituir programas de segurança; investir em medidas de proteção do maquinário; instalar ventiladores, exaustores e lâmpadas; acompanhar e exigir PPRAs e PCMSOs mais completos. Palavras-chave:embalagens plásticas, riscos ocupacionais, medicina ocupacional.

1. INTRODUÇÃO Plástico é um material que tem a propriedade de adquirir determinadas formas, ou seja, matéria sintética dotada de grande maleabilidade e facilmente transformável mediante o emprego de calor e pressão (ROSE, 1961). Os plásticos são materiais derivados da transformação do petróleo e por isso houve grande aumento daoferta a partir da segunda guerra mundial (STELLMAN, 1998). A produção de plásticos no Brasil alcançou 3,4 milhões de toneladas em 1999, em comparação com 26,3 milhões de toneladas na Europa e 41,6 milhões de toneladas nos EUA, onde o consumo de plásticos para embalagens foi equivalente a 31% (WALLIS, 2000). A indústria do plástico se divide em dois setores: o de matérias-primas, que incluem os...
tracking img