Secretina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1923 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
Os hormônios controlam todo o processo digestivo - alguns ainda regulam o apetite. Os hormônios produzidos nas células mucosas do estômago e intestino delgado trabalham estimulando esses órgãos e seus sucos digestivos.
Os três hormônios responsáveis pela digestão dos alimentos são a gastrina, a secretina e a colecistocinina (CCK).
* A gastrina dá ao estômago sinal paraproduzir ácido. Ela também tem um papel importante no crescimento do revestimento do estômago, do intestino delgado e do cólon - necessário para absorver os nutrientes e excretar os sucos digestivos. 
* A secretina se comunica com todos os principais órgãos acessórios digestivos. No pâncreas, um estímulo da secretina provoca a secreção dos sucos digestivos úteis. Depois, a secretina estimula oestômago, fazendo-o produzir pepsina, uma enzima usada para digerir proteínas. Por último, a secretina estimula o fígado, que produz mais bile. 
* A colecistocinina (CCK) se comunica com os órgãos menores: o pâncreas e a vesícula biliar. Com a ajuda desse hormônio, o pâncreas cresce e produz mais enzimas. Quando a vesícula biliar recebe um aviso da CCK, ela sabe que é para liberar toda a bile queestava armazenando para o fígado.

REFERENCIAS
GUYTON, C.A. Fisiologia Humana. 6.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2009.
GANONG, F.W. Fisiologia Médica. 22.ed. Porto Alegre: AMGH, 2010.
JOHNSOM, R.L. Fundamentos da Fisiologia Médica. 6.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
MELLO, A.M.; Fisiologia. 1.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1991.

UNIBAN /ANHANGUERA EDUCACIONALHormônios Gastrointestinais: Colecistocinina,Gastrina, Secretina.

Osasco
2012

2. DESENVOLVIMENTO
2.1 COLECISTOCININA
A colecistocinina (Ckk) é um neuropeptídio formado por 33 aminoácidos, secretado no trato gastrointestinal, é secretado pelas células endócrinas da mucosa do duodeno e jejuno em reação ao conteúdo de proteína e gordura na dieta, na qual tem efeito nos receptores do nervo vago,como resposta da ingestão alimentar contribuindo para a sensação de saciedade pós-prandial. È um hormônio que estimula a vesícula biliar a contrair para liberar a bile e estimular o pâncreas para liberar o suco pancreático, para dentro do intestino. Ao mesmo tempo a CCK provoca fechamento do piloro (evitando assim, o retorno do conteúdo intestinal para o estômago) e reduz o esvaziamento gástricopara garantir uma melhor emulsificação dos alimentos no intestino.
Sua liberação é provocada por estímulos químicos diversos, cuja ordem decrescente de potencia é hidrolisados protéicos, aminoácidos, ácidos graxos, soluções acidas e produtos de degradação de carboidratos, rica em componentes protéicos e enzimáticos.
A colecistocinina através da via sanguínea atinge o tecido pancreático e,ao nível celular, atua no processo de extrusão dos grânulos de zimogênios, além disso, ao atingir a vesícula biliar promove sua contração,ao mesmo tempo que a secretina esta sendo liberada pela mucosa intestinal,a colecistocinina também estará sendo secretada, em sua maior parte,em resposta a presença de gorduras ,mas em menor grau,em resposta ao teor de proteínas e de carboidratos,ela atinge opâncreas pela via sanguínea e faz com que suas células pancreáticas liberem grande quantidade de enzimas digestivas em lugar do bicarbonato de sódio. Na regulação vagal do pâncreas , estimulação vagal das secreções pancreáticas parece ser um efeito secundário dos reflexos vagais para o estômago, entretanto ,a estimulação vagal da secreção pancreática e muito menos importante do que a estimulaçãohormonal da secreção pela secretina e pela colecistocinina.
No esvaziamento da vesícula biliar, quando o alimento atinge o intestino delgado dois mecanismos agem simultaneanemte, no sentido de esvaziamento do conteúdo da vesícula biliar no lúmen intestinal, a colescitocinina secretada pela mucosa duodenal, em resposta a gordura e a outras substâncias presentes no quimo chega à vesícula pela...
tracking img