Sdasd

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4649 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Técnica de Programação II C - Fila
Raphael Guimarães Jarbas - 42101420227∗ Gabriel Jacomo Paixão - 42101420115† 4 de maio de 2011

∗ raphael.jarbas@gmail.com † gjpaixao13@gmail.com

Resumo Este trabalho busca explicar detalhadamente e exemplificar fila, arquivo binário e arquivo txt na linguagem de programação C. Apresentaremos também um programa que utiliza as técnologias mencionadas.Sumário
1 Fila 1.1 Resumo de fila . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.2 Exemplo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2 Arquivo Binário 2.1 Resumo de arquivo binário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.2 Exemplo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 Arquivo TXT 3.1 Resumo de arquivo TXT . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . 3.2 Exemplo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4 Programa 4.1 Resumo do programa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.2 Exemplo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 1 1 2 2 2 3 3 3 4 4 4

C - Fila

UNIVERCIDADE

1
1.1

Fila
Resumo de fila

A fila na linguagem C, é uma estrutura de dados, na qual oselementos são empilhados por ordem de chegada, ou seja, o primeiro a entrar, será o primeiro a sair, com isso, os dados são sempre inseridos no final da fila e exluídos no início da fila. A estrutura fila nada mais é do que uma analogia ao conceito de fila que usamos normalmente. Ou seja, numa fila a ordem de saída é relativa à ordem de chegada. Um exemplo de fila na computação é a fila de impressão. Quandotemos um computador ligado a uma impressora ao mandarmos imprimir os arquivos, eles vão para uma fila de impressão e assim impressos de acordo com a ordem.

1.2
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22

Exemplo

//FILA SEQUENCIAL − DOIS CONTROLES //FRONT − INICIO DA FILA ( r e t i r e a q u i ) REAR − FINAL DA FILA ( i n c l u a e l e m e n t o s a q u i ) // D e f i n i r fi l a : struct f i l a { int f r o n t , r e a r ; t i n f o v [MAX] ; } ; typedef struct f i l a t f i l a ; // V e r i f i c a r s e a f i l a e s t á c h e i a : int f i l a c h e i a ( t f i l a ∗ p f i l a ) { return ( p f i l a −> r e a r == MAX −1) ; } // P e r c o r r e r a f i l a e x i b i n d o os dados : void p e r c o _ f i l a ( t f i l a ∗ p f i l a ) { f o r ( i=p f i l a −>f r on t ; ir e a r , i ++) p r i n t f ( "%d%f " , p f i l a −>v [ i ] . cod , p f i l a −>v [ i ] . p r e c o ) ; } // Criacao da f i l a void c r i a f i l a ( t f i l a ∗ p f i l a ) { p f i l a −>f r o n t = 0 ; p f i l a −> r e a r= −1; } // v e r i f i c a r s e a f i l a t a v a z i a i n t f i l a v a z i a : ( t f i l a ∗ p f i l a ) { return ( p f i l a −>r e a r ==−1) } // I n s e r i r f il a : int i n s e r i r f i l a ( t f i l a ∗ p f i l a , t i n f o dados ) { i f ( fila_cheia ( pfila ) ) return 0 ; ( p f i l a −>r e a r )++; p f i l a −>v [ p f i l a −>r e a r ]= dados ; return 1 ; } // remover f i l a : int r e t i r a f i l a ( t f i l a ∗ p f i l a ; tempo ∗ dados ) { int i ; i f ( f i l a v a z i a ( p f i l a ) ) return 0 ; ∗ dados=p f i l a −> p f i l a −> v [ p f i la −>f ] ; f o r ( i =0, i r e a r ; i ++) p f i l a −>v [ i ]= p f i l a −>v [ i + 1 ] ; ( p f i l a −>r e a r )−−; return 1 ; }

1

C - Fila

UNIVERCIDADE

2
2.1

Arquivo Binário
Resumo de arquivo binário

Arquivos binários são bem parecidos com matrizes de estruturas, exceto pelas estruturas, que residem no arquivo de disco, em vez de uma matriz na memória. Os arquivos bináriostêm duas características que os distinguem de arquivos de texto: – Você pode pular instantaneamente para qualquer estrutura no arquivo que ofereça acesso aleatório como em uma matriz; – Você pode mudar o conteúdo de uma estrutura em qualquer lugar e hora no arquivo. Arquivos binários geralmente têm tempos de leitura e escrita mais rápidos que os arquivos de texto, já que uma imagem binária do...
tracking img