Saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 70 (17464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Este trabalho foi realizado no âmbito do ensino clínico de Saúde Comunitária, na Extensão de Saúde do Tortosendo. A realização deste pequeno estudo sobre a obesidade infantil nas crianças do Tortosendo, foi feita através da aplicação de um pequeno questionário nas escolas do 1º ciclo e respectiva análise e tratamento dos resultados, iniciativa que acatamos com gosto eesperamos revelar utilidade.
Segundo a OMS, a obesidade é uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar a saúde.
A prevalência de obesidade, a nível Mundial, é tão elevada que a OMS considerou esta doença como a epidemia global do século XXI, logo é urgente tomar medidas drásticas para prevenir e tratar a obesidade, mais de 50% da populaçãomundial será obesa em 2025. Assim a obesidade é uma doença crónica, com enorme prevalência nos países desenvolvidos, atingindo homens e mulheres de todas as raças e de todas as idades (Programa Nacional de Combate à Obesidade, 2005).
O conhecimento da prevalência de obesidade, dos seus factores de risco e repercussões no dia-a-dia constitui uma ferramenta fundamental para a gestão dosserviços de saúde, com implicações ao nível da eficácia e da eficiência das intervenções destinadas a melhorar o nível de saúde das populações (AMARAL, 2004).
Desta forma, e segundo a mesma autora, a elevada proporção de crianças e adolescentes com excesso de peso e com obesidade, e o conhecimento do risco de desenvolvimento de outras doenças na idade adulta deve ser encarado como preocupação por partedos responsáveis de saúde e da educação.
Assim, por tudo o que foi referido e pela sua actualidade e pertinência, foi com agrado que iniciámos o nosso estudo na temática da obesidade infantil.
Para a realização deste trabalho, recorremos a pesquisa bibliográfica, a consulta de obras literárias, imprensa escrita, sites de Internet e aplicação de um questionário ( Anexo I), com arespectiva análise e tratamento dos dados recolhidos.
Este trabalho encontra-se dividido em 2 partes, sendo que a primeira consiste na fundamentação teórica, feita a partir da revisão bibliográfica elaborada no sentido de enquadrar a temática em estudo no panorama literário actual, e a segunda parte consiste na investigação empírica, onde se encontram os resultados obtidos e respectiva análise,tratamento e discussão dos mesmos.
Tendo em consideração a temática em estudo, foram propostos os seguintes objectivos:
• Aumentar e aprofundar os nossos conhecimentos teóricos sobre o tema;
• Contribuir para um melhor conhecimento da população;
• Possibilitar o próprio desenvolvimento da capacidade de colectar, organizar e relatar as informações obtidas;
• Analisar einterpretar os dados de uma maneira lógica, apresentando as respectivas conclusões;
• Encontrar soluções para o problema da obesidade infantil, sugerindo actividades a implementar em meio escolar e comunitário;
• Fomentar a acreditação da Enfermagem como ciência social.



Para além dos objectivos acima referidos é, ainda, nosso objectivo/desafio proporcionar a todos um reflexãosobre a temática em estudo e que no futuro, enquanto profissionais de saúde, sejamos intervenientes activos, delineando estratégias de intervenção, adequadas ao diagnóstico de situação de saúde para que possamos contribuir para o tão desejado objectivo de ” Saúde Para Todos”.






































1 – OBESIDADE INFANTIL

“Criançaobesa…adolescente e adulto doente” (CARVALHO, 2005).

Segundo REGO (2003), obesidade adquiriu nos últimos anos o estatuto de doença pediátrica mais comum, tanto nos países desenvolvidos como naqueles em vias de desenvolvimento, constituindo assim um grave problema de saúde pública.




1.1 – CONCEITO DE OBESIDADE

A obesidade de acordo com as normas da OMS, define-se a...
tracking img