Saude mental - depressao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1857 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Saúde Mental







Tema: Depressão

























Sumário



Introdução ............................................................... 04
Desenvolvimento ...................................................... 05
Estudo Patológico ........................................................ 05
CuidadosGerais .......................................................... 08
Cuidados Específicos ............................................................ 09
Conclusão ...................................................... 10
Referência Bibliográfica ............................................................ 11Introdução


A depressão é uma doença "do corpo como um todo", que compromete seu corpo, humor e pensamento. Ela afeta a forma como você se alimenta e dorme, como se sente em relação a si próprio e como pensa sobre as coisas.
Uma doença depressiva não é uma "fossa" ou um "baixo astral" passageiro. Também não é sinal de fraqueza ou uma condição que possa ser superadaapenas pela vontade ou com esforço.
As pessoas com doença depressiva (estima-se que 8% das pessoas adultas sofram de uma doença depressiva em algum período da vida) não podem simplesmente recompor-se e melhorar por conta própria. Sem tratamento, os sintomas podem durar semanas, meses ou anos. O tratamento adequado, entretanto, pode ajudar a maioria das pessoas que sofrem de depressão.Desenvolvimento


1.ESTUDO PATOLÓGICO
1.1 – CONCEITO
A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. No sentido patológico, há presença de tristeza, pessimismo, baixa auto-estima, que aparecem com freqüência e podem combinar-se entre si. É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quantopara o tratamento adequado.
1.2 – SINAIS E SINTOMAS
• Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia.

• Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas.

• Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis.

• Desinteresse, falta de motivação e apatia.

• Falta de vontade e indecisão.

•Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio.

• Pessimismo, idéias freqüentes e desproporcionais de culpa, baixa auto-estima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença ou morte. A pessoa pode desejar morrer, planejar uma forma de morrer ou tentar suicídio.

• Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a óticadepressiva, um tom “cinzento” para si, os outros e seu mundo.

• Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento.

• Diminuição do desempenho sexual (pode até manter atividade sexual, mas sem a conotação prazerosa habitual) e da libido.

• Perda ou aumento do apetite e do peso.

• Insônia (dificuldade de conciliar o sono, múltiplos despertares ou sensação de sono muitosuperficial), despertar matinal precoce (geralmente duas horas antes do horário habitual) ou, menos freqüentemente, aumento do sono (dorme demais e mesmo assim fica com sono a maior parte do tempo).

• Dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarréia, constipação, flatulência, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ouno corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros.

1.3 – TIPOS DE DEPRESSÃO
π Depressão reativa ou secundária:
Surge em resposta a um estresse identificável como perdas (reações de luto), doença física importante (tumores cerebrais, AVC, hipo ou hipertireoidismo) ou uso de drogas. Corresponde a mais de 60% de todas as depressões.
π Depressão menor ou distimia...
tracking img