Santa catarina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3991 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE METROPOLITANA DE CURITIBA - FAMEC


SANTA CATARINA

SÃO JOSÉ DOS PiNHAIS
MAI/2012


SANTA CATARINA

Trabalho apresentado para a disciplina de Economia, do 1º período do curso de Bacharelado em Administração, orientado pelo Professor Márcio Luiz Oricolli, da Faculdade Metropolitana de Curitiba - FAMEC








SÃO JOSÉ DOS PINHAiS
MAI/2012
SUMÁRIO

1INTRODUÇÃO 1
2 HISTÓRIA 2
2.1 O PERIODO REPUBLICANO 2
2.2 AS PRIMEIRAS COLONIZAÇÕES 3
3 CARACTERÍSTICAS DIVERSAS 5
4 ECONOMIA 6
4.1 DESASTRE DE 2008 7
4.2 GOVERNO DO ESTADO CRIA AÇÕES 8
5 CURIOSIDADES 9
5.1 COMIDAS TÍPICAS 9
5.2 FESTAS CATARINENSES 9
5.3 TURISMO DE COMPRAS 10
5.4 PARQUES 11
5.5 PRAIAS 12
5.6 PESCA DA TAINHA 14
5.7 BELEZAS NATURAIS 15
5.8 SÃO JOAQUIM 15
6 CONSIDERAÇÕESFINAIS 16
REFERÊNCIAS 17

INTRODUÇÃO

Podemos afirmar que o grande desafio desse trabalho é conhecer um pouco mais sobre a cultura, economia, características e algumas das curiosidades sobre o estado de Santa Catarina.
O estado é repleto de belas praias, reconhecido no país principalmente pela cidade de Florianópolis, e tem uma cultura muito diferenciada com diversas festas típicas cultivadasmais no mês de outubro.
No decorrer deste trabalho, citaremos informações desde o surgimento do estado, as origens dos povos, etnias, características geográficas, culinária típica, cidades mais populosas, turismo e algumas das belezas naturais existentes.



.



HISTÓRIA

Em uma expedição a serviço da Espanha em 1526, Sebastião Caboto chegou ao litoral catarinense e publicouem seus mapas a região da ilha de Santa Catarina como “porto dos patos”. Porém o nome de Santa Catarina aparece pela primeira vez em 1529 no mapa-múndi de Diego Ribeiro.
Entretanto há diversas cartas geográficas de diversos navegadores, escritas desde o inicio do século XVI, que mencionam pontos que correspondem ao litoral catarinense, alguns deles são Juan de La Cosa que foi piloto da expediçãode Alonso de Ojeda, e João Dias Solis que mencionou um ponto que se refere ás águas interiores da ilha de Santa Catarina.
Portanto há uma grande divergência com relação ao responsável pela denominação de Santa Catarina, alguns autores dizem que foi Sebastião Caboto que fez a denominação em homenagem á esposa Catarina Medrano, já outros querem que tenha sido em homenagem a Santa Catarina deAlexandria que é festejada pela igreja em 25 de novembro.
Pelo fato do litoral catarinense servir como ponto de apoio, foram constatados que os primeiros povoadores da região foram os náufragos à alguns desertores, alemães, italianos, sem mencionar outras nacionalidades.
A Capital de Santa Catarina foi criada quando a Coroa Portuguesa através da Provisão Régia de 11 de agosto de 1738 desincorporou osterritórios da Ilha de Santa Catarina e o Continente do Rio Grande de São Pedro da jurisdição de São Paulo, passando-os para o Rio de Janeiro. Desta forma assim Santa Catarina ficou diretamente subordinada aos Vice-Reis do Brasil, que concentravam em suas mãos a autoridade administrativa e judiciária. Desta forma a ilha se constituiu no posto avançado da soberania portuguesa da América do Sul,com razões principalmente de ordem política.

O PERIODO REPUBLICANO

Logo após ter sido Proclamado a Republica do Rio de Janeiro, que ocorreu no dia 15 de novembro de 1889, feita por Marechal Deodoro da Fonseca, os associados do Clube Republicano do Desterro e os oficiais da Guarnição Militar estavam destinados a assumir o Governo Catarinense, essa junta governativa era composta porRaulino Horn, Coronel João Batrista do Rego Barros e pelo Médico Dr. Alexandre Marcelino Bayma.
Através de uma forma tranquila foi feita a substituição do presidente Dr. Luís Alves de Oliveira Bello, juntamente com a adesão dos deputados monarquistas presentes. Logo após ser proclamada a República já existia em Santa Catarina uma Câmara Municipal que era totalmente republicana a de São Bento do...
tracking img