Saneamento basico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5719 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Católica de Goiás
Departamento de Engenharia
Saneamento Básico


























Trabalho de Saneamento Básico




























Goiânia 2006
Universidade Católica de Goiás
Departamento de Engenharia
Saneamento Básico
















Trabalhode Resíduos Sólidos














Professor; João Bosco.
Acadêmicos; Julio César oliveira Aquino;
Hermenegildo H. S. Junior;
Ronaldo Kunio Murakami;
Pedro Henrique;
Gustavo Gornero Rezende.












SumárioIntrodução...........................................................................................4
Objetivo...............................................................................................5
Desenvolvimento
Limpeza publica..................................................................................5
Aspectos estéticos e debem-estar.......................................................6
Métodos de varrição............................................................................7
Capinação............................................................................................14
Pinturas de Meio Fio...........................................................................15
Resíduossólidos..................................................................................15
Características do lixo.........................................................................16
Acondicionamento..............................................................................17
Coleta e transportes de resíduos.........................................................19Conclusão............................................................................................22

















Introdução


Nos últimos 20 anos, o Brasil mudou, e o seu lixo também. O crescimento acelerado das cidades e, ao mesmo tempo, as mudanças no consumo dos cidadãos também são fatores comuns e esse município, o que vem gerando um lixo muito diferente daquele que ascidades produzem há trinta anos.
O lixo atual é diferente em quantidade e qualidade, em volume e em composição. Hoje cada vez mais, a população dos municípios brasileiros concentra-se nas cidades. Assim, é quase impossível encontrar uma cidade que já não tenha, por exemplo, uma grande quantidade de embalagens em seus lixos, cada vez mais volumosos. Muitos municípios pequenos incrustadosdentre de regiões metropolitanas, vivem os mesmo problemas que as capitais e cidade como Nova Iorque e Tóquio.
Das cidades mais populosas até as comunidades mais carentes, um número crescente de cidadãos e administrações municipais estão se esforçando para encontrar as melhores soluções para as questões do lixo urbano. Esses problemas são realmente novos e, infelizmente, na se resolvem sozinhos.As situações são bem diferentes de municípios para município. Porém, pode-se garantir que, frente ao aos recursos humanos e materiais de cada administração, as suas dificuldades serão sempre grandes.
De maneira diferente, os problemas do lixo vêm incomodando hoje as diversas cidades brasileiras e, dessa forma, afligindo mais fortemente algumas prefeituras do que outras.
Isto, porém,não significa que os problemas sejam menores ou mais fáceis nos locais onde parece que incomodam menos. Problemas sejam menores ou mais fáceis nos locais onde parecem grandes dificuldades para a coletividade.
Não há quaisquer vantagens em deixar a solução para mais tarde. Um município pode não esta registrado, ainda, conseqüências maiores da poluição ambiental.
Há, porém, uma...
tracking img