Roteiro para diagnostico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1104 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introducão

Esse trabalho tem por objetivo, implantar uma consultoria de Marketing no estabelecimento comercial Ericson Nahirni Cabelereiro situado na Rua: Padre Severino Cerutti, 22, na cidade de Apucarana, Paraná.
Fizemos analise de todos os pontos da empresa, desde localização até a clientela, medição de rua e pesquisas.
Coletamos informações com o proprietário, funcionários e clientes,afim de saber como que esta a situação atual, para assim podermos praticar algumas ações com o intuito de melhor serviço, atendimento e local.

Roteiro para diagnostico (Cabelereiro Ericson Nahirni)
Quatro funcionários com salário fixo mensal.
Vendas
Na entrevista que fizemos, pudemos constatar que ele atende bastante gente por mês (em média de 10 a 15 pessoas em dias normais, duplicando nosfinais de semana).
Pudemos verificar que a clientela maior são mulheres de classe média, com idade entre 20 a 45 anos.
A abordagem é bem receptiva, sempre oferecendo um café, bolacha ou bala para as clientes.

Produto
Mix

Em relação aos serviços oferecidos, vai desde corte infantil, feminino, masculino, escovas, penteados, hidratação, cauterização, banho de luz, plástica de fios. Manicure,pedicure, massagem, maquiagem. Tudo que envolve beleza e cabelos.
O proprietário Ericson disse que sempre faz muitos cursos para inovar e estar por dentro da moda e tendências.

Novos produtos

As clientes que entram no salão, geralmente estão insatisfeitas com a aparência, com o corte, ou ate traumatizadas por algum outro cabelereiro. E sempre pedem uma sugestão de corte.
Uma unhadiferente, uma nova tendência. Esse mercado da beleza está inovando muito e o pessoal do salão tenta acompanhar o máximo que pode essas novidades, incrementando cores, tratamentos.

Preço
Corte de cabelo 30 reais. É o preço que o mercado da beleza cobra hoje em dia para uma classe média.
No ponto de vista do Ericson, é um preço justo, pois ele chegou a esse preço, pesquisando quanto que seusconcorrentes estavam cobrando para o publico que ele atende, até chegar nesse valor. Em relação aos outros preços, fez a mesma coisa, analisou, viu quanto que gasta com produtos e fez uma média.

Condições de pagamento x desconto
No salão, aceita dinheiro, promissória (apenas para quem já é cliente há algum tempo), cartão (ate 6 vezes) e cheque sob consulta, em parceria com ACIA.
A politica empregadapelo dono e seus funcionários é baseada no respeito e bom humor, que garante um bom atendimento. Preza muito pela qualidade de seu serviço e é sincero sempre, mesmo quando tem que falar pra cliente que não ficará legal fazer algo que ela queira.
Os funcionários se mostram satisfeitos em fazer parte da equipe e trabalham motivados.

Praça

No que se diz respeito a localização, no ponto devista do Ericson, ele acha ser positiva se comparada com o lugar onde ele estava atendendo antes.
Porém analisando o ````cenário`, identificamos que não é um ponto tão bom, pois a maioria das pessoas que passam por ali são de carro, ou dentro de ônibus. Por ser numa curva, fica meio escondido. E outro fator que atrapalha bastante é não ter estacionamento no local.
Na medição de rua pudemosconstatar que passa em media 50 pessoas durante o horário comercial, sendo o pico maior na hora que o comércio fecha.
É difícil a pessoa que passa, olha e entra, por se tratar de um salao de cabelereiro, as pessoas vão mais por indicação e propaganda em redes sociais.
A decoração da fachada chama atenção, porém no interior da loja esta precário em relação a materiais e estrutra. Espaço é pequeno.Não tem agua gelada e nem TV. Apenas revistas de revenda como Jequiti que tem para as clientes folharem. Porém em breve, o proprietário deseja colocar uma TV. O diferencial está no atendimento, e serviço oferecido.

Promoção
Acoes de marketing
É feito bastante divulgação de seus trabalhos nas redes sociais, blog e panfletos, além de promoções. Já fez comercial na TV local e cartões de visita...
tracking img