Romantismo em Portugal

Páginas: 8 (1903 palavras) Publicado: 19 de abril de 2014
Romantismo em Portugal

O Romantismo está ligado à Revolução Industrial e à Revolução Francesa, dois acontecimentos que mudaram a história da Europa e colocaram em evidência valores burgueses como o individualismo e a desobediência aos valores pré-estabelecidos. 

Em Portugal, o Romantismo começou com a publicação do poema Camões, de João de Almeida Garrett. Escrito no momento em que o paísse encontrava sob domínio inglês e enfrentava graves perturbações políticas, o poema tenta resgatar o passado e o orgulho do povo português.
O Romantismo floresceu em todos os países ocidentais. 
Em Portugal, a tendência se desenvolveu a partir de 1836, nessa época o país passava por uma profunda crise econômica, política e social. 
A situação do país se agravava com a invasão napoleônica e aindependência econômica do Brasil, em 1820, iniciou-se uma revolução liberal para a modernização do país. 
Em 1836, as idéias românticas começaram a fluir, foram levadas da França e da Inglaterra pelos emigrados durante a revolução. 
Em Portugal, podemos considerar a existência de duas gerações românticas: 
- Primeira Geração: marcada por preocupações históricas e políticas; nela se destacamAlmeida Garrett, Alexandre Herculano e Antônio Feliciano de Castilho; 
- Segunda Geração: as características românticas estão definidas e amadurecidas; nela se destacam Camilo Castelo Branco, Júlio Dinis, Soares dos Passos e João de Deus. 
Características
Subjetivismo: o autor trata os assuntos de uma forma pessoal, de acordo com o que sente, aproximando-se da fantasia.
Sentimentalismo:exaltam-se os sentidos, e tudo o que é provocado pelo impulso é permitido.
Culto ao fantástico: a presença do mistério, do sobrenatural, representando o sonho, a imaginação; frutos da pura fantasia, que não carecem de fundamentação lógica, do uso da razão.
Idealização: motivado pela fantasia e pela imaginação, o artista romântico passa a idealizar tudo; as coisas não são vistas como realmente são, mascomo deveriam ser segundo uma ótica pessoal.
Egocentrismo: cultua-se o “eu” interior, atitude narcisista, em que o individualismo prevalece; microcosmos (mundo interior) X macrocosmos (mundo exterior).
Escapismo psicológico: espécie de fuga. Já que o romântico não aceita a realidade, procura modos de refugiar-se, por exemplo, no passado, no sonho ou na morte.
Liberdade de criação: O escritorromântico recusa formas poéticas, usa o verso livre e branco, libertando-se dos modelos greco-latinos, tão valorizados pelos clássicos, e aproximando-se da linguagem coloquial.
Medievalismo: há um grande interesse dos românticos pelas origens de seu país, de seu povo. Na Europa, retornam à idade média e cultuam seus valores, por ser uma época obscura.
Condoreirismo: corrente de poesia político-socialos autores defendem a justiça social e a liberdade.
Nativismo: fascinação pela natureza. Muitas vezes, o nacionalismo romântico é exaltado através da natureza, da força da paisagem.
Luta entre o liberalismo e o absolutismo: poder do povo X poder da monarquia. Até na escolha do herói, o romântico dificilmente optava por um nobre. Geralmente, adotava heróis grandiosos, muitas vezes personagenshistóricos, que foram de algum modo infelizes: vida trágica, amantes recusados, patriotas exilados.
Byronismo: atitude amplamente cultivada entre os poetas da segunda geração romântica e relacionada ao poeta inglês Lord Byron. Caracteriza-se por mostrar um estilo de vida e uma forma particular de ver o mundo; um estilo de vida boêmia, noturna, voltada para o vício e os prazeres da bebida, do fumo edo sexo. Sua forma de ver o mundo é egocêntrica, pessimista, angustiada e, por vezes, satânica.
Religiosidade: como uma reação ao racionalismo materialista dos clássicos, a vida espiritual e a crença em Deus são enfocadas como pontos de apoio ou válvulas de escape diante das frustrações do mundo real.
Nacionalismo (também denominado patriotismo): é a exaltação da Pátria, de forma exagerada,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • linguagem do romantismo , romantismo em portugal
  • Romantismo em Portugal
  • Romantismo em portugal
  • Romantismo em portugal
  • Romantismo em portugal
  • O romantismo em portugal
  • O Romantismo em Portugal
  • ROMANTISMO EM PORTUGAL

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!