rio +20

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3424 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de julho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
1

O FUTURO QUE
QUEREMOS
Economia verde,
desenvolvimento sustentável e
erradicação da pobreza

2

3

E

xpressões como sustentabilidade e economia verde têm sido parte
do nosso cotidiano desde o fim dos anos 80. Estão em todos os lugares - nos noticiários, em outdoors espalhados pelas cidades, nos produtos
que compramos nos supermercados e em materiais de divulgação deinstituições públicas e privadas.
Empresas que incentivam projetos de conservação ambiental, que têm
ações de reflorestamento ou que promovem a reciclagem de seus resíduos geralmente vinculam sua imagem ao desenvolvimento sustentável, até
como estratégia de marketing.
Mas, afinal de contas, de onde vieram esses conceitos de desenvolvimento sustentável e de economia verde? Eles estão sendo usados deforma adequada? Por que estão estreitamente associados à inclusão social
e consequente erradicação da pobreza? Será que você, como indivíduo e
cidadão, segue condutas sustentáveis no seu dia a dia? Que futuro queremos para nós mesmos e para nossos filhos e netos?
Veja nas próximas páginas algumas das discussões que vêm sendo feitas nessa área, por vários segmentos da sociedade, em diversospaíses.

4

TUDO COMEÇOU EM ESTOCOLMO
A partir da década de 1950, verificou-se um grande crescimento
econômico em quase todo o mundo. A atividade industrial foi impulsionada por vários fatores, dentre eles o crescimento populacional e
a consequente ampliação do número de consumidores de produtos
industrializados. Essa expansão aumentou significativamente a poluição atmosférica e o uso dosrecursos naturais da Terra.
A consciência de que a degradação ambiental por ações humanas
poderia causar impactos e alterações profundas na vida do planeta
levou a ONU (Organização das Nações Unidas) a organizar, em 1972,
a Conferência de Estocolmo.
O encontro, que reuniu representantes de diversos países na capital da Suécia, foi a primeira iniciativa mundial no sentido de organizar asrelações entre o Homem e o Meio Ambiente. Ao final da
conferência foi divulgado um Manifesto Ambiental com 19 princípios
de comportamento e responsabilidade, que deveriam conduzir as decisões em relação às questões ambientais.
Saiba mais em www.onu.org.br

5

O PLANETA REUNIDO
Em 1987, uma Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento publicou um relatório inovador - “Nosso Futuro Comum”– que
trouxe a público o conceito de desenvolvimento sustentável, definido
como “a competência da humanidade em garantir que as necessidades
do presente sejam atendidas sem comprometer a qualidade de vida das
gerações futuras”.
Outras conferências foram realizadas, em busca de soluções direcionadas ao desenvolvimento sustentável. Veja as principais:
• Estocolmo, Suécia (1972) (primeirasrecomendações de proteção ao meio ambiente)
• Rio de Janeiro, Brasil (1992) – ECO 92 (recomendações de cortes de emissões de
gases de efeito estufa)
• Quioto, Japão (1997) (Protocolo de Quioto - estabelece a redução das emissões de
gases de efeito estufa aos níveis de 1990)
• Haia, Holanda (2000) (estabelece o Crédito de Carbono)
• Bonn, Alemanha (2001) (criação de fundo para países emdesenvolvimento)
• Copenhagen, Dinamarca (2009) (recomendação para não ultrapassar a temperatura média global de 2°C acima dos patamares da Revolução Industrial)
• Cancun, México (2010) (Fundo Global para fomentar pesquisa de desenvolvimento sustentável)
• Rio de Janeiro (2012) – Rio+20 (deverá contribuir para definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas)

6SUSTENTABILIDADE,
ECONOMIA E POBREZA
Na ECO 92, realizada no Rio de Janeiro, a relação entre o meio ambiente e o desenvolvimento, e
a necessidade imperativa para o desenvolvimento
sustentável foram reconhecidas em todo o mundo.
No documento chamado Agenda 21, os governos
delinearam um programa detalhado de ações para
afastar o mundo do atual modelo insustentável de
crescimento econômico,...
tracking img