Rio + 20

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2468 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução:




A Segunda Guerra iniciou-se em 1939 terminando em 1945 com um saldo extremamente negativo, Explica-se a guerra analisando-se o período da década de 30, onde, o mundo estava totalmente mergulhado em uma “grande depressão” .O capitalismo apresentava sua maior crise, a economia mundial apresentava um grau elevado de desemprego, falências, recessão, existia um grandecolapso no mercado mundial. As grandes potências capitalistas buscaram várias alternativas para sanar o problema. A saída mais dominante foi usar-se de barreiras protecionistas ,pois , tornava-se necessário resguardar seus mercados. Somava-se ao nacionalismo econômico a solução militarista, que, foi uma medida encontrada pela maioria dos regimes totalitários para conter o desemprego crescente.(Podemosusar como exemplo a Alemanha Hitlerista que em 1933 quando os nazistas assumiram o poder haviam na Alemanha 6 milhões de desempregados e , em 1939 as portas da Guerra o desemprego se reduziu quase que totalmente).
A guerra pode ser entendida também como o resultado de uma necessidade existente de que algumas potências capitalistas sentiram de redefinir a ordem mundial e redividirmercados .Essa questão contribuiu para a divisão das economias capitalistas em dois blocos bastante distintos: De um lado as potências emergentes fortemente militarizadas e dispostas a ampliar seus espaços na economia mundial ( Como o caso das potências do eixo *Alemanha ,Itália e Japão que buscam a qualquer preço a expansão de suas respectivas economias e áreas de influencia em detrimento daschamadas potências tradicionais :Inglaterra, França e Estados Unidos). As confrontações econômicas, acrescentam-se as de ordem político-ideológica, que contribuem para ampliar a divisão do bloco capitalista. Enquanto as potências do eixo se identificam pelo caráter totalitário de seus respectivos regimes, Inglaterra, França e Estados Unidos representariam os regimes democrático-liberais.
A Segundaguerra representou a continuação da primeira visto que os dois eventos estão ligados as disputas imperialistas do século XIX e XX, que acabaram por culminar em conflito armado. Haja visto que os motivos estruturais foram os mesmos mas o processo de desenvolvimento foi completamente diferente: A Segunda guerra foi um conflito de maior movimento de exércitos e uma ampliação do numero de paísesenvolvidos e consequentemente o aumento do numero de mortos.


















O tratado de Versalhes



Nos acordos de paz da primeira guerra mundial, as nações vencedoras impuseram um conjunto de medidas sufocantes a Alemanha, estruturado no tratado de Versalhes. Para a burguesia industrial e financeira Alemã e, também para os conglomerados italianos e japonesesera vital rever esta situação. Não aceitando as restrições impostas por este tratado, Adolf Hitler , organizador do partido nazista e no poder na Alemanha desde o ano de 1934, começou a tomar medidas que pudessem recolocar a Alemanha entre as nações mais poderosas do mundo.
Estabelecendo uma política interna e externa caracterizada por uma total recuperação econômica ,Hitler encontro naindustria militar o eixo para a sua política internacional agressiva .Em contra partida nações como a Inglaterra e a França tomaram medidas inversas, assumindo o discurso do apaziguamento, com o objetivo de evitar uma guerra. Haja visto que a política do apaziguamento era aparente pois, as potências democráticas fechavam os olhos diante das agressões nazi-fascistas sofridas pelos países eregiões vizinhas. Dentre os principais lances da política do apaziguamento podemos citar:
✓ A crise da Mandchúria :essa região pertencente a China, era cobiçada pelo Japão, em 1931 os japoneses iniciam o ataque contra a região sob as vistas complacentes das democracias liberais.
✓ A crise da Etiópia: em 1935, o ditador fascista Mussolini desfechou um ataque contra a Etiópia , uma antiga...
tracking img