Rezenha onze homens e um segredo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6519 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TEORIA GERAL DE SEGURANÇA FÍSICA
1.0 - Introdução
A atividade desenvolvida pelo homem visando proteger sua vida, a vida de seus familiares e seu patrimônio não é nova. Para não sofrer o dano o ser humano criou com sua inteligência elementos de proteção e defesa. Antes as cidades eram cercadas por muralhas e os castelos por fossos ou construídos em locais de difícil acesso. Com o tempo foramorganizadas guarnições compostas por seres humanos para a segurança da comunidade. Os elementos de proteção e defesa foram se diversificando e acompanhando a evolução da sociedade e hoje em dia a gama de opções para a defesa do patrimônio e da vida é imensa.
Com a diversidade de técnicas e de elementos de proteção por fim surgiu a sua utilização organizada e de forma profissional.

2.0 - BaseTeórica

2.1 - Princípios
Há certo número de conceitos que possuem valor empírico e que devem ser aplicados com intensidades diferentes de acordo com cada situação. Delinearam 14 conceitos de segurança, calcados na visão feudal dos castelos europeus medievais, os quais tinham barreiras sucessivas de proteção em torno do seu ponto mais valioso, a torre principal.

1° - Um sistema de segurançacompreende um conjunto de medidas que se sobrepõem.
Qualquer subsistema de segurança examinado isoladamente será considerado falho. Não há uma segurança perfeita. O agressor sempre poderá encontrar uma falha, seja ela causada por negligência, esquecimento, hábito, vício ou circunstâncias. Se outras medidas de segurança estiverem ativas e sobrepondo-se à primeira, haverá menor possibilidade de sucessodo agressor.

2° - A importância de um sistema de segurança é função das ameaças que pesam sobre o que ele protege.
Ao se planejar um sistema de segurança deve-se considerar o valor do que ele se propõe a proteger. Um custoso sistema de segurança protegendo algo de valor (material ou simbólico) bem menor não tem sentido prático.

3° - A fraqueza de um sistema de segurança mede-se por seuponto mais fraco.
Sempre haverá pontos mais fracos em um sistema defensivo, e eles definem o sistema como um todo. Sendo assim, ao se planejar um sistema de segurança ou examinar um já existente, os seus pontos mais fracos devem ser levantados e deverão receber a maior parte da atenção do planejador.
Um modo de identificá-los consiste em tomarmos o lugar do agressor e imaginarmos como ele agiria.Identificando os pontos mais fracos, podemos então criar outras medidas de segurança que se sobreponham à primeira, de forma a suprir eventuais falhas.

4° - Um sistema de segurança deve reduzir ao máximo a demora de intervenção da defesa e retardar ao máximo a possibilidade de agressão.
Segundo os autores, “...quanto mais rápida for a intervenção quando de uma agressão, mais fácil serácontrolá-la e reduzir seu dano...”.
A chave da defesa reside na rapidez da reação do serviço de segurança interna quando de uma agressão. Seguindo a ideia medieval de barreiras sucessivas para proteção, os sistemas de segurança devem buscar o retardo da ação do agressor, para que aumentem as possibilidades de ser barrado antes de chegar ao seu objetivo, o torreão central.

5° - O acesso às informaçõessigilosas é limitado unicamente às pessoas que têm necessidade de conhecê-las em razão de suas funções.
Esse conceito, também conhecido entre nós como “necessidade de conhecer”, estabelece que devemos restringir ao máximo o número de pessoas que têm acesso às informações restritas.
Podemos guardar um bem em um cofre, mas precisamos saber quem tem acesso ao cofre, sua chave e seu segredo, e onúmero dessas pessoas deve ser limitado ao máximo.

6° - As pessoas vulneráveis não devem ter acesso às informações sigilosas.

São pessoas vulneráveis os alcoólatras, jogadores, gabolas (aqueles que exaltam a si mesmos), mexeriqueiros, conquistadores ou viciados. Há também aqueles cuja vulnerabilidade vem de circunstâncias tais como ciúmes, dificuldades familiares ou financeiras, má adaptação...
tracking img