Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4394 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os transportes são imprescindíveis nas sociedades actuais e encontram-se em constante evolução.
Transporte é sinónimo de uma actividade que visa levar algo através do espaço, ou seja, de um lugar para outro.
Os diferentes modos de transporte possuem uma rede (conjunto de estradas, vias-férreas, rios navegáveis, canais, oleodutos e gasodutos que se interligam, formando uma malha mais ou menosdensa) própria.
A rede rodoviária é constituída pelas auto-estradas e estradas, a rede ferroviária é composta pelas linhas férreas, etc. As redes de transporte organiza-se em "nós" (as estações ferroviárias, os portos marítimos e os aeroportos).
 
A diversidade dos modos de transporte e a desigualdade espacial das redes 
A grande flexibilidade e mobilidade dos transportes terrestrespermitiram o maior distanciamento entre as áreas de residência e as áreas de trabalho, levando à expansão das cidades. Os transportes são muito importantes para o desenvolvimento das regiões. O aumento da mobilidade permitiu desenvolver o comércio e, consequentemente, as actividades produtivas, quer a nível regional, quer a nível internacional, diminuir as assimetrias regionais e a melhorar a qualidade devida e o bem-estar da população. Ao mesmo tempo, ajudou à expansão de novas formas de organização do espaço, referindo-se a titulo de exemplo o crescimento dos subúrbios nas grandes cidades, à redistribuição espacial da população, como a eclosão e intensificação de movimentos migratórios, assim como à massificação de fenómenos sociais, culturais e económicos, como é o caso do turismo.
Papel dosTransportes no desenvolvimento económico e social das regiões.
 
As infra-estruturas de transportes como estradas, pontes, túneis, vias férreas, aeroportos, portos marítimos e fluviais têm contribuído para reduzir as distâncias, permitindo ultrapassar barreiras físicas como rios e montanhas, condicionando a acessibilidade das regiões e, por isso, o seu  desenvolvimento económico e social.Actualmente, os transportes:
* São responsáveis pela crescente mobilidade das pessoas para os empregos, nas deslocações quotidianas, nas viagens de turismo, promovem o aproveitamento dos recursos endógenos (exploração dos recursos locais). etc.;
* Facilitam  o desenvolvimento do comércio e das actividades produtivas, ;
* Permitem a difusão de ideias, de culturas e de técnicas;
*Estruturam o espaço urbano (cidades que crescem, serviços, comércio, industriais e urbanas que se expandem, etc.);
*  Promovem a troca de produtos, bens, pessoas, informação (interacção espacial) entre as diversas regiões dentro do país e entre os diferentes povos do mundo;
* Promovem as actividades económicas e sociais, permitindo a implantação da indústria, o alargamento dos mercados(intensificam as trocas comerciais) e o aumento da produção;
* Geram uma multiplicidade de serviços e de comércio e actividades produtivas;
*  Criam emprego;
* Facilitam a divisão internacional do trabalho;
*  Flexibilizam a localização das actividades económicas;
* Permitem uma melhor e mais rápida distribuição de bens (produtos, equipamentos e matérias-primas) e serviços,traduzindo-se na subida do nível médio de vida da população;
* Permitem a mobilidade da população (casa / trabalho, viagens de negócios, turismo...);
* Facilitam o intercâmbio de técnicas e constituem um factor de aproximação de povos e culturas;
* Quebram o isolamento das regiões desfavorecidas;
* Atenuam as assimetrias socioeconómicas regionais;
* Permitindo a especialização, o aumentode rendimento, de produtividade e dispersão das actividades económicas, permitem o desenvolvimento integral das diferentes regiões;
* Um sistema de vias de comunicação desenvolvido e eficiente (grande acessibilidade) indica a grande mobilidade da comunidade à procura das suas necessidades, assegurando às populações e agentes económicos iguais oportunidades de aceder a níveis de serviços...
tracking img