Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1709 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA CRÍTICA

















REsumo - Problemas morais e éticos




























Setembro - 2012
Jequié - Ba

Resenha Crítica



Problemas Morais e Problemas Éticos

Nas situações efetivas e reais que ocorrem no dia-a-dia de todos os indivíduos,surgem problemas quando as decisões e ações deles são objeto de julgamento pelos demais membros do grupo social. Tais problemas não afetam apenas um indivíduo, mas também outras pessoas, e pode até mesmo afetar a comunidade como um todo. Em tais situações, as pessoas pautam seu comportamento por normas que julgam mais adequadas cumprir, e é quando se pode dizer que o homem age moralmente, ouseja, é o resultado de uma decisão refletida – e não espontânea. A ética, por ser disciplina teórica que estuda a moral, deve se limitar a explicar, esclarecer ou investigar uma determinada realidade, pois seu valor como teoria está naquilo que explica, e não no fato de prescrever ou recomendar com vistas à ação em situações concretas. Quando se ocupa de analisar a prática moral de uma sociedade dedeterminada época, a ética deve meramente esclarecer o fato de os membros daquele grupo social terem recorrido a práticas morais diferentes e até opostas. Por ser ciência que estuda a moral, a ética nem se identifica com princípios de moral em particular, nem fica indiferente a eles. A ética deve fornecer a compreensão racional de um aspecto real e efetivo do comportamento dos homens, pautados emfatos de valor.

Definição da Ética

A ética é a teoria ou ciência do comportamento moral dos homens em sociedade. A ética procura determinar a essência da moral, e as condições objetivas e subjetivas do ato moral, as fontes de avaliação moral, a natureza e função dos juízos morais, os critérios de justificação desses juízos e o princípio que rege a mudança de diferentes sistemas morais. Seucaráter científico deve aspirar à racionalidade e objetividade, e proporcionar conhecimentos comprováveis. A moral é objeto da ciência ética, podendo sofrer influência desta. Hoje em dia já há uma diferenciação clara entre a moral e a ética, que nem sempre ocorreu.

Histórico da Moral

Historicamente, o conjunto de normas e regras de dada comunidade representadas pela moral sofre variações aolongo do tempo. Ocorre a sucessão de certas morais sobre outras morais, podendo-se falar da moral da Antigüidade, da moral feudal da Idade Média, da moral burguesa na sociedade moderna, etc.




a) Deus como origem ou fonte da moral: quando as normas morais derivam de um poder sobre-humano; as raízes da moral estão fora e acima do homem, e não nele próprio.


b) A natureza como origem ou fonteda moral: a conduta moral do homem seria mero aspecto da conduta natural e biológica. As qualidades morais teriam origem nos instintos, e poderiam ser encontradas até mesmo nos animais.


c) O Homem como origem e fonte da moral: considera o homem como detentor de uma essência eterna e imutável inerente a todos os indivíduos; assim, a moral constituiria um aspecto desta maneira de ser, quepermanece através das mudanças históricas e sociais. 8


Nas três concepções, há a coincidência quanto à busca da origem e da fonte da moral fora do homem concreto.A moral surge quando o homem atinge sua natureza social, sendo membro de uma coletividade, onde ele sente que precisa se comportar de certo modo por ter uma consciência de sua relação com os demais. A moral surge quando o homem atingesua natureza social, sendo membro de uma coletividade, onde ele sente que precisa se comportar de certo modo por ter uma consciência de sua relação com os demais. Os indivíduos, então, passam a julgar o comportamento alheio como “bom”/útil ou “mau”/nefasto para manter a coletividade. A questão do benefício da comunidade é a origem do que modernamente chamamos de virtudes ou vícios. O conceito de...
tracking img