Resumo a indisciplina em sala de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 5 (1035 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de psicologia

A indisciplina em sala de aula


As relações entre professores-alunos podem levar aos problemas de indisciplina escolar. Frequentemente o professor está estressado, ansioso e se encontra preocupado a insatisfação de ter que manter a disciplina e apresentar os principais aspectos considerado o principal fator para adquirirem e explicar as vivencia dos docentes.Os professore enfrentam uma dificuldade em controlar os alunos, apresenta maior grau de stress, exaustão despersonalização e menor sentido de realização pessoal.
As relações na escola tornaram se conflituosas em sala de aula entre professores e aluno e a falta de interesse na aula. O professor encontra-se muitas vezes ansioso com a necessidade de manter a disciplina e controlar osalunos, podendo mesmo em casos mais graves temer diariamente pela sua integridade moral e física.
As abordagens tradicionais de problemas de comportamento tendiam a isolar o aluno perturbador e procurar uma explicação global e enquadrar em termos de problemas e emocional, problemas da personalidade ou qualquer tipo de patologia do foro psiquiátrico. A investigação tem centrado a intervenção noconhecimento para compreensão dos problemas de comportamento e vida nas escolas.
A investigação sobre as perspectivas dos alunos tem dois aspectos; A descoberta e a experimentação das regras dos professores e o desenvolvimento; A manifestação e defesa das suas identidades individuais (incluindo a manutenção dos status social dentro dos grupos de pares).
O que interessa em termos depratica educativa, é o grau e a forma de disciplina que melhor prepara o sujeito para diferentes tipos de liberdade.
Nas escolas há um sistema de regras que determina o comportamento das crianças que se chama disciplina escolar.
A disciplina depende de boa disciplina e consequentemente dos valores do educador. Para um educador constitui um problema, e para outra ainda, manifestaçãoexuberante de bom humor por parte do aluno.
Quando os problemas de comportamento na sala de aula parecem de um aluno, o professor precisa mais que impor-lhe sanções ou submete-lo rigidamente a um controlo externo, compreender o aluno para descobrir as causas e os motivos da não conformidade.
A organização política e pratica das escolas, a natureza das regras escolares, o sistema desanções e punições, todos estes fatores podem desempenhar um papel bastante significativo dos problemas de comportamento em sala de aula.


A resolução dos problemas disciplinares: uma abordagem comportamental e cognitiva


A psicologia cognitiva e comportamental pode desempenhar um papel importante para o educador em situações de indisciplina. As técnicas cognitivas ecomportamentais dependerão da personalidade do aluno e das situações da turma. As técnicas enfatizadas pela psicologia comportamental centram-se no comportamento atua do sujeito e nas suas interações com o meio imediato.
Reforço social-consiste em dar ao sujeito uma resposta positiva, o elogio, o sorriso e a atenção. Ignorem o comportamento inadequado. Eficaz para o estabelecimento de novoscomportamentos do que propriamente para manutenção de comportamentos já existentes.
Punição - A punição pode aplicar se pelo desaparecimento de reforços positivos e quer pela imposição de estímulos provocados de aversão.Os castigos são aplicados com comportamentos inadaptos, perigosos para o sujeito ou para os colegas e permanecem ainda em muitas escolas.
Contactar Directores - Encarregados deeducação. Ao serem envolvidos outros adultos estão a aumentar simbolicamente a gravidade da situação e rotulamos como o aluno problema.
Se o educador dá a entender que espera que eles façam alguma coisa eles limitar-se-ão, provavelmente a ameaçar ou punir o aluno.
Exclusão do grupo – A exclusão faz o aluno se sentir excluído não só físico , mas também psicologicamente e não exerce...
tracking img