Resumo trato gastrointestinal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de fevereiro de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Fisiologia do Trato Gastrointestinal: Introdução e Motilidade
O Sistema Gastrintestinal (SGI) é formado por órgãos ocos em série que se comunicam
das extremidades com o meio ambiente, constituindo o denominado Trato Gastrintestinal
(TGI), e pelos órgãos anexos , que lançam suas secreções na luz do TGI.
Os órgãos do TGI são:
1.
2.
3.
4.
5.
6.

Cavidade oral
Faringe
Esôfago
IntestinoDelgado (duodeno, jejuno e íleo)
Intestino Grosso ou cólon
Ânus

Esses órgãos são delimitados entre si por ESFÍNCTERES. O esfíncter esofágico superior,
ou cricofaríngeo, delimita a faringe do corpo do esôfago, o qual é delimitado do estômago pelo
esfíncter esofágico superior.
O estômago é delimitado do intestino delgado pelo piloro, e o intestino delgado, do
cólon pelo esfíncterileocecal. A porção distal do cólon diferencia-se no reto e no ânus com
seus dois esfíncteres: o interno e o externo.
No sentido cefalocaudal (ou aboral), os órgãos anexos ao TGI são:
1.
2.
3.
4.

Glândulas Salivares
Pâncreas
Fígado
Vesícula Biliar (armazena e concentra a bile secretada pelo fígado)

A secreção das glândulas salivares é lançada na cavidade oral e as secreções
pancreáticas ebiliares no intestino delgado.

Resumo – Alberto Galdino LoL

Fisiologia do Trato Gastrointestinal: Introdução e Motilidade

1.
2.
3.

4.

Os processos funcionais do SGI são:
DIGESTÃO: hidrólise dos macronutrientes pelas enzimas digestivas luminais e da borda
em escova do delgado.
SECREÇÂO: de água, íons e enzimas digestivas pelas glândulas salivares e gástricas,
pelo pâncreas evesícula biliar.
ABSORÇÃO INTESTINAL: transporte dos produtos da hidrólise dos macronutrientes,
água, íons e vitaminas da luz intestinal para a corrente sanguínea e linfática, através da
mucosa intestinal.
EXCREÇÃO: eliminação fecal dos produtos não digeridos e/ou não absorvidos.

Anatomia Fisiológica da Parede Gastrointestinal
Camadas de fora para dentro:
1. Serosa
2. Muscular Longitudinal3. Longitudinal Circular
4. Submucosa
5. Mucosa

Além disso, feixes esparsos de fibras de músculos lisos, a muscular da mucosa,
encontram-se nas camadas mais profundas da mucosa. As funções motoras do intestino são
realizadas por diferentes camadas de músculos lisos.
O Músculo Liso Gastrointestinal
-As fibras musc. Lisas individuas do TGI medem de 200 a 500 micrômetros de comp.
-Sedispõem em feixes de até 1000 fibras paralelas.
Na camada musc. Longitudinal, os feixes estendem-se longitudinalmente no TGI.
Na camada musc. Circular, dispõem-se ao redor do intestino.

Resumo – Alberto Galdino LoL

Fisiologia do Trato Gastrointestinal: Introdução e Motilidade
Cada camada muscular funciona como um sincício, isto é, quando um potencial de
ação é disparado em qualquer pontodentro da massa muscular, ele geralmente se propaga
em todas as direções do músculo. Existem também algumas conexões entre as camadas
musculares longitudinal e circular, de maneira que a excitação de uma dessas camadas
geralmente excita a outra também.
Sincício Morfofuncional:
-Contração Fásica
-Contração Tônica
Atividade Elétrica do Músculo Liso
O músculo liso do TGI é excitado por atividadeelétrica intrínseca, continua e lenta nas
membranas das fibras musculares. São dois tipos básicos de ondas elétricas:
 Ondas Lentas: são mudanças lentas e ondulatórias no potencial de repouso da
membrana. Elas não são P.A. Parecem ser causadas por interações complexas entre as células
do músculo liso e as células intersticiais de Cajal (atuam como marcapassos elétricos das
células domúsculo liso).
 Potenciais em Espículas: são os verdadeiros Potenciais de Ação. Toda vez que os picos
das ondas lentas se tornam temporariamente mais positivos do que -40 milivolts, surgem as
espículas. Quanto maior o potencial das ondas lentas, maior a frequência dos potenciais em
espícula.

Controle Neural do Trato Gastrointestinal

O TGI possui um sistema nervoso próprio, denominado...
tracking img