Resumo primeiro capitulo "na vida dez, na escola zero

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2604 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense – Campus Sombrio
Psicologia do Desenvolvimento
Álvaro Maciel
Nataniel Dias Lopes
Vander Vicente Arcenego
Na Vida Dez, na Escola Zero:
Capitulo 1: A Matemática na Vida Cotidiana: Psicologia, Matemática e Educação
Nos corredores da ciência, psicologia, matemática e educação são disciplinas diferentes, de
lugares diferentes: ciênciashumanas, ciências exatas e ciências social aplicadas. Pode-se até
esquecer que existem ligações entre essa três disciplinas. Na prática, porém, existem fenômenos em
que essas disciplinas não são dissociadas. Quando uma criança resolve um problema com números
na rua, usando seus próprios métodos, mas que são métodos compartilhados por outras crianças e
adultos, estamos diante de um fenômeno queenvolve matemática, devido ao conteúdo do problema,
psicologia, porque a criança certamente raciocinou, e educação, porque queremos saber como ela
aprendeu a resolver problemas desse jeito. Podemos separar a matemática da psicologia do
pensamento enquanto ciências, mas não podemos separá-las enquanto fenômenos acontecendo na
prática. Quando alguém resolve um problema de matemática, estamos diante deuma pessoa que
pensa. A matemática que um sujeito produz não é independente de seu pensamento enquanto ele a
produz, mas pode vir a ser cristalizada e tornar-se parte de uma ciência, a matemática, ensinada na
escola e aprendida dentro e fora dela.
Matemática como ciência e como atividade humana
Ao nível da comunidade científica, a matemática é definida como uma ciência formal. Isso
significa quea lógica reconstruída da matemática é dedutiva. Demonstrações por indução não são
reconhecidas pela comunidade científica – não porque não possam existir em outras ciências, mas
porque não são aceitas como demonstrações de valor na matemática.
Ao nível de sua organização como ciência, na matemática são aceitáveis provas por
dedução. No entanto, a matemática não é apenas uma ciência: é também umaforma de atividade
humana. Ao nível da atividade humana, a construção da matemática não é realizada
necessariamente pelas “leis” da lógica. Uma descoberta em matemática pode, na verdade, ocorrer
por indução, sendo o processo de prova posterior. A prova teria para o indivíduo nesse caso, não
uma função de criação de novos conhecimentos, mas de demonstração de algo já descoberto; para a
comunidadecientífica, no entanto, a prova merecia o status de “novidade” ou “descoberta”.
A aprendizagem da matemática na sala de aula é um momento de interação entre a
matemática organizada pela comunidade científica, ou seja, a matemática formal e matemática
como atividade humana. Em primeiro lugar, não devemos nos esquecer de que o professor é uma
pessoa, que organiza, ele próprio, sua atividadematemática. Mesmo que uma pessoa seja
cientificamente treinada, sua atividade, não segue necessariamente as formas dedutivas aprovadas
pela comunidade científica. Em segundo lugar, mas não secundariamente, a matemática praticada
na sala de aula é uma atividade humana porque interessa nessa situação é a aprendizagem do aluno.
A aprendizagem de um conceito – quer de matemática, quer de física, quer deliteratura – esta
relacionada à psicologia da aprendizagem em primeiro plano. A atividade que conduz à
aprendizagem é a atividade de um sujeito humano construindo seu conhecimento.
Enquanto atividade humana, e matemática é uma forma particular de organizarmos os
objetos e eventos no mundo. Podemos estabelecer relações entre os objetos de nosso conhecimento,
contá-los, medí-los, somá-los, dividí-los,etc., e verificar os resultados das diferentes formas de
organização que escolhemos para nossas atividades.

Matemática e psicologia: teoria e método
Piaget foi, dentre os estudiosos da psicologia, quem mais contribuiu para que viéssemos a
reconhecer a lógica e a matemática podem ser tratadas como formas de organização da atividade
intelectual humana. Seus estudos incentivam os pesquisadores...
tracking img