Resumo - os custos da crise para política social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Um dos elementos escolhidos pelo governo e pelos investidores como importe antídoto à crise seria o controle da dívida pública. Os recursos públicos comprometidos com o pagamento dos juros da dívidaexterna retiram do Estado brasileiro a possibilidade de aumentar os investimentos em políticas públicas, principalmente, na política de geração de emprego. Tal medida, só é possível por causa de outro“antídoto” governamental contra a crise: a geração de superávit, fundamentado em acordos assinados com o Fundo Monetário Internacional. Outra condição que impediria o agravamento da crise no Brasilseria um elevado crescimento econômico que “protegeria” a economia.
Esses dois “antídotos” do Brasil contra a crise, na prática, elevam o fosso entre ricos e pobres e agravam a concentração derenda, e acarretam a contenção dos recursos destinados às políticas sociais. Mesmo com a crise, os setores econômicos brasileiros continuaram apresentando bons lucros nos últimos anos. Fica evidente queuma das estratégias econômicas adquiridas pelo governo foi socorrer os bancos, diminuir impostos sobre produtos industrializados para favorecer o consumo e, tentar manter a produção em ritmo“controlável” de modo a evitar um declínio profundo. Enquanto, a especulação financeira e a política governamental de socorro aos bancos criam grandes transferências de recursos do fundo público ao sistemabancário, a classe trabalhadora encara os custos da ”economia de cassino” imposta pelo capital portador de juros. As formas governamentais para amenização dos efeitos da crise se mantêm em uma política deintervenção estatal na economia, com perspectiva de regular a oferta e demanda e garantir a reprodução do capital.
O cenário que vem se revelando com a crise é de profunda mudança na estrutura doemprego e da organização do trabalho. Hoje a tendência mundial é de aumento da terceirização, informalidade, destruição de postos de trabalho, menos empregos na indústria e na agricultura, entre...
tracking img