Resumo linguagem escrita e poder

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1615 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.0 APRESENTAÇÃO
“Linguagem, poder e discriminação”, capítulo 1 do livro “Linguagem, Escrita e Poder”, aborda de maneira concisa os problemas básicos das variantes linguísticas, e o poder discriminativo da linguagem padrão no campo sócio-historiográfico. O autor da obra, Maurizzio Gnerre (linguista italiano-brasileiro), discute questões que envolvem os três tópicos-tema do livro, unindo seusconceitos à política, história e antropologia. Não há apresentação de soluções para os problemas descritos, mas a obra fornece informações suficientes sobre os tipos de problemas encontrados no campo temático da obra.


















2.0 Resumo
O capítulo tem início com a afirmação de que a linguagem não é usada somente para veicular informação; a palavra pode mobilizar aautoridade acumulada pelo falante, concentrá-la num ato linguístico (como discursos políticos, aulas, sermões na igreja) e adquirir valor se realizada no contexto social e cultural apropriado. Para as relações sociais entre ouvinte e falante, são apresentadas regras relevantes para os atos de linguagem: o momento certo de falar, o que se deve falar, como se fala, tudo isso dentro de um contextolinguístico e extralinguístico do ato verbal. Em seguida, é apresentada a definição de língua padrão como um sistema comunicativo associado a um patrimônio cultural da tradição escrita.

Ao tratar de variedade linguística, Gnerre ressalta que esta reflete o poder e a autoridade do falante nas relações socioeconômicas em termos “internos” e “externos”. Para uma variedade ser favorecida sobre as outras, épreciso que seja associada à escrita - transmitindo informações de ordem política e “cultural”- e que tenha diferenciação política.

Essa associação entre variedade e escrita é definida como o resultado histórico indireto de oposições entre grupos sociais que eram e “são” usuários das diferentes variedades. Uma variedade utilizada em grupos de poder passa por um processo de legitimação,tornando-se portadora de uma tradição cultural.

O “objetivismo abstrato” de Bakhtin é enunciado no texto para apontar os quatro princípios relativos à conservação da linguagem dentro da tendência: a língua como um sistema estável, as leis da língua como leis linguísticas específicas (objetivas a toda consciência subjetiva), a ausência de valor ideológico nas ligações linguísticas e o ato individualda fala, que explica a mudança histórica das formas da língua. Em seguida, Gnerre discute a discriminação da fala nas relações de poder, onde a produção linguística mais próxima da norma é valorizada – uma recorrência constante da pequena burguesia.

Uma perspectiva histórica é então traçada pelo autor, tendo como início o relato da complexidade operacional de colocar uma variedade oral nosmoldes da língua escrita na Europa da Idade Média, época na qual o latim era a língua modelo. O restante do processo envolveu a associação da variedade já estabelecida como língua escrita com a tradição gramatical. Dentro do campo linguístico grego, é mostrado o caminho da elaboração ideológica da legitimação de uma variedade linguística. Mas, só depois da expansão colonial ibérica, os moldes dagramática greco-latina foram utilizados para valorizar as variedades linguísticas escritas (associadas com a economia mais forte). Um exemplo dado na obra é o caso Espanha-Portugal, que afirmavam seu poder tanto em dialeto, quanto na área de influência colonial de povos das terras descobertas e conquistadas. A língua foi um instrumento de perpetuação da presença colonizadora mesmo quando a dominaçãoacabou.

Na sequencia, Gnerre define legitimação como um processo criador de mitos de origem. Na tentativa de legitimar o poder de uma variedade linguística sobre outras, a construção de aparato mítico-ideológico em torno das línguas de “cultura” teve um estudo sério de letrados e humanistas. A gramática da língua românica prevaleceu, e foi desenvolvida toda uma perspectiva ideológica para...
tracking img