Resumo geral economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3091 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BALANÇO DE PAGAMENTOS

CONCEITO – É um instrumento contábil que registra as transações de um país com o exterior. As relações econômicas que um país estabelece com outros são um reflexo da condição de sua própria economia.

COMPOSIÇÃO – Demonstrativo de transações um modo de avaliar a economia de um país, a saber:
a) TRANSAÇÕES CORRENTES:
1. Balança Comercial – Registra as Importaçõese exportações de bens e serviços;
2. Conta de Serviços e Rendas – Contabiliza serviços fatores (dividendos, salários, lucros e juros) e não-fatores (fretes e seguros sobre exportados e importados, dólares gastos e recebidos com turismo, serviços governamentais e outros serviços), salários e rendas de investimento;
3. Transferências Unilaterais – Registra as transferências feitas na formade bens ou moeda destinadas para o consumo corrente.
b) CONTA CAPITAL E FINANCEIRA – Serve para cobrir o déficit nas transações correntes:
1. Investimentos Diretos;
2. Investimentos em Carteira;
3. Derivativos.
c) ERROS E OMISSÕES – Serve equalizar créditos e débitos compensando os erros em virtude da natureza discrepante das fontes de dados.


A CRISE CAMBIAL DE 2002 E OPARADOXO DAS EXPORTAÇÕES

DE 1994 A 1999 – Taxa de câmbio, fortemente apreciada, causou déficits comerciais e da conta corrente do Balanço de Pagamentos.

A PARTIR DE 1999 – Desvalorização da taxa de câmbio provocando uma reversão na balança comercial, que passou de um déficit de US$ 700 milhões atingiu-se um superávit de US$ 2,7 bilhões.

O EFEITO LULA – Em 2002, as incertezas eleitoraisassociadas ao então candidato Luís Inácio Lula da Silva, elevaram as taxas de juros domésticas para 26% a.a. e a cotação do dólar para R$ 3,80.

SOLUÇÃO BRASILEIRA – Em virtude de terem minguados os fluxos de capitais internacionais foi necessário ganhar dinheiro com o comércio, iniciou-se, então, uma agressiva política de exportações.

O RESULTADO EM 2002 – O FMI previa superávit de US$ 6bilhões para a balança comercial brasileira. Ao final do ano, apurou-se um saldo positivo de US$ 13,1 bilhões.

CAUSAS DO FENÔMENO:
a) Aumento do preço das commodities;
b) Mudança nos termos de troca do comércio causada pela entrada da China desde 2001 no mercado internacional;
c) Manutenção dos canais de exportação;
d) Baixa elasticidade-câmbio das exportações vis-à-vis àelasticidade-preço.

QUESTIONÁRIO

1. Quais são as principais contas do balanço de pagamentos?
R – Transações Correntes e Conta Capital. Existe ainda a Conta Erros e Omissões.

2. O que significa saldo comercial positivo?
R – Superávit, isto é o valor das Exportações é maior que as Importações.

3. Qual foi o principal evento que gerou a reversão do saldo comercial do Brasil de 1994 a2006?
R – O aumento do preço das commodities provocado pela entrada da China no mercado internacional.

4. Quais são as formas de financiamento de um déficit em transações correntes?
R – Através da Entrada de Investimentos ou Empréstimos Internacionais.

A TENDÊNCIA AO DESEQUILÍBRIO EXTERNO

O PADRÃO-OURO – É a teoria monetária vigente que se baseava no princípio considerar que o meiocirculante dos países teria o ouro como moeda-mercadoria.

REGRAS – Quando um país importava mais do que exportava, criando desequilíbrio no seu Balanço de Pagamentos, seria obrigado a exportar ouro para reduzir o seu meio circulante criando um estímulo às exportações e um desestímulo às importações corrigindo o desequilíbrio.

PROBLEMAS – Nas economias com baixos níveis de Importação, aredução de numerário não provocava grande redução no grau de liquidez, ocorrendo o inverso nas economias altamente importadoras.

EFEITOS:
1. BRASIL – No período escravista-exportador o país poderia transformar toda a exportação em importação sem causar qualquer desequilíbrio. Com o trabalho assalariado a procura monetária tende a crescer mais que as exportações causando o desequilíbrio. Deve...
tracking img