Bacharelismo no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (931 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 APRESENTAÇÃO
Pretendemos com este trabalho mesmo que breve oferecer uma visão ampla de algumas características da historia do bacharelismo, neste buscamos como fonte obras de Sergio Buarque deHolanda , Caio Prado Junior , Gilberto Freire , Raimundo Faoro e também algumas considerações de Darcy Ribeiro .
A doutrina é dividida em 15 capitulos , o texto em destaque situa-se no capitulo 13Instituições, Retórica e o Bacharelismo no Brasil que se divide em seis seções (paginas 349 a 371).


2 ESQUEMA

1. Introdução
1.1. Estudo das raízes históricas
1.2. Bacharelismo
1.3. Teoria dainstituição
1.4. Político Social
2. Estado Patrimonial
2.1. Colonização brasileira
2.2. Passado Escravocrático
3. Dos Jesuítas dos Cursos de Direito
3.1. A vinda da família real para o Brasil
3.2.Implantação dos Cursos Jurídicos3
4. O Bacharelismo: Retórica, Formalismo e Abstração
4.1. Papel dos bacharéis no Estado
4.2. A ascensão do bacharel
4.3. Defesa do liberalismo e da democracia4.4. Contribuição para construção das instituições jurídico políticos
4.5. Retórica
5. Conclusão


3 RESUMO
3.1 Introdução

José Wanderley Kozima introduz seu texto retomando a história, parafalar do surgimento das instituições jurídicas no Brasil.
O tema a ser retratado em seu texto é o Bacharelismo. O Bacharelismo era considerado como um costume, como Status, e realizados apenas pelaspessoas de melhores condições financeiras. Ex: Filhos de Coronéis.
O papel dos jesuítas também foram muito importante na nossa doutrinação, os quais vieram juntamente com fuga da família real para oBrasil.


3.2 Desenvolvimento

O primeiro assunto a ser abordado é sobre as influencias de Portugal na nossa formação social. Portugal nos trouxe uma visão de um estado patrimonial. O rei como osenhor e governador de toda riqueza, cercado de servos escolhidos á sua vontade.
Devido a essa influencia de um estado patrimonial falta-nos ainda hoje, mais participação do povo de uma forma...
tracking img