Resumo foucalt

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6906 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Qual a grande inovação metodológica assinalada em 1961 pela HISTÓRIA DA LOUCURA? A resolução de estudar em diferentes épocas e sem se limitar a nenhuma disciplina – os saberes sobre a loucura para estabelecer o momento exato e as condições de possibilidade do nascimento da psiquiatria. “Projeto este que deixou de considerar a história de uma ciência como o desenvolvimento linear e contínuo apartir de origens que se perdem no tempo e são alimentadas pela interminável busca de precursores” p. VII.



- A ARQUEOLOGIA do saber complementa a GENEALOGIA do poder.
- Estabelecem-se relações entre os saberes, cada um considerado como positividade específica, a positividade do que foi efetivamente dito e deve ser aceito como tal e não julgado a partir de um saber posterior e superior.Oobjetivo não é sancionar ou invalidar o saber, mas perceber o estabelecimento de regularidades que permitam individualizar formações discursivas (VII-VIII).



- Outra novidade metodológica: não se limitar ao nível do discurso para dar conta da questão da formação histórica da psiquiatria. A análise centrou-se nos espaços institucionais, descobrindo uma heterogeneidade entre os discursos teóricos.- A psiquiatria é o processo de dominação do louco que começou muito antes dela. Não foi quem descobriu a essência da loucura.



- NASCIMENTO DA CLÍNICA (1963): marca a diferença entre a medicina moderna e a medicina clássica. Caracteriza a ruptura. Não se deve opor a medicina moderna a seu passado como se opõem a ciência a pré-ciência. Estabelece e caracteriza essa ruptura. “Não se deve opora medicina moderna a seu passado como se opõe ciência a pré-ciência, racionalidade a irracionalidade, verdade a erro” p. VIII.
- O que mudou foi a própria positividade do saber com seus objetos, conceitos e métodos diferentes. A arqueologia buscou explicitar os princípios de organização da medicina em épocas diferentes[1]. O objetivo principal do livro é explicitar os princípios constitutivos damedicina moderna, definindo o tipo específico da ruptura que ela estabelece. Criticou a idéia de progresso na história da ciência.
- Quando se tratou de analisar historicamente as condições de possibilidade da psiquiatria, o próprio desenvolvimento da pesquisa apontou o saber sobre o louco (diretamente articulado com as práticas institucionais do internamento) como mais relevante do que o saberteórico sobre a loucura.



- AS PALAVRAS E AS COISAS (1966) – o objetivo é aprofundar e generalizar inter-relações conceituais capazes de situar os saberes constitutivos das ciências humanas, sem pretender articular as formações discursivas com as práticas sociais. A tese do livro é: só pode aparecer ciência humana[2] a partir do momento em que o aparecimento das ciências empíricas[3] e dasfilosofias modernas[4], tematizaram o homem como objeto e como sujeito de conhecimento, abrindo a possibilidade de um estudo do homem como representação.
Proposta arqueológica “... consistia em descrever a constituição das ciências humanas a partir de uma inter-relação de saberes, do estabelecimento de uma rede conceitual que lhes cria o espaço de existência, deixando propositalmente de lado asreações entre os saberes e as estruturas econômicas e políticas” p. IX.



- ARQUEOLOGIA DO SABER (1969): é uma história do saber. Reflete sobre as precedentes análises históricas com o objetivo não só de explicitar ou sistematizar, mas, sobretudo, de clarificar ou aperfeiçoar os princípios formulados a partir das próprias exigências das pesquisas. A arqueologia estabelece a constituição dossaberes, privilegiando as inter-relações discursivas e sua articulação co as instituições para responder como os saberes apareciam e se transformavam.
- A GENEALOGIA responde o porquê dos saberes aparecerem e se transformarem. Explica o aparecimento de saberes a partir de condições de possibilidade externas aos próprios saberes. Não se trata de considerá-los efeito ou resultado, mas situá-los como...
tracking img