Sujeito, governabilidade e biosocialidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3790 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUJEITO, GOVERNABILIDADE E BIOSOCIALIDADE



RESUMO

Trata-se de estudo sobre o Filósofo Michel Foucault em relação a sua crítica ao poder, conhecimento do sujeito e sua insatisfação diante das premissas que lhe são impostas.Em similar orientação do pórpio pensador, que é ausente em qualquer sistematização e poscicinamento em sua obra, almeja-se através do presente trazer possibilidadesmas nunca chegar uma verdade, até porque Foucault se posiciona contra as verdades e para se chegar ao conhecimento deve-se sempre indagar, argumentar e não aceitar como verdade absoluta aquilo que nos é dito, sob pena de nos tornarmos indivíduos absoletos. Assim tendo como partida o auto-conhecimento, trabalho que o folósofo dedicou nos útlimos vinte anos de sua obra, busca-se seus ensinamentossobre a biosociabilidade e a forma de governo em que se encontra um centro de poder.

Palavras-chave: Auto-conhecimento. Insatisfação. Poder. Governo

1-INTRODUÇÃO

A presente pesquisa tem por finalidade o estudo da hermenêutica do sujeito segundo Michel Foucault.
Para definir o homem como sujeito, o filósofo, faz uma crítica à teoria contratualisat da formação do Estado pois, em suabusca incessante pelo auto conhecimento, indaga a coisificação do poder, ou seja, para o sujeito se firmar em uma posição de doálogo deve destutuir-se de qualquer pre-conceito estabelecido ou imposto.
Assim através de suas críticas, almaja-se desvendar os conceitos, a função do sujeito e suas interações na sociedade, do governo e sua relação com o poder.
Importante a investigação a ser feitapara se analisar a forma argumentativa do direito que Foucault apresenta na biosocialidade e na crítica da formação do Estado e suas instituições democráticas.
O objetivo é fazer uma correlação entre o sujeito, a governabilidade e a biosocialidade
Desta forma, tendo-se em conta uma vertente metodológica, histórico-jurídica, onde analisa o contexto histórico do filósofo para melhor compreendersuas acepções, toma-se de partida o livro Antropologia da Razão que trata essencialmente, de descrever-descobrir o processo social de formação da categoria “epistemologia”, problematizando assim a própria modernização da vida, buscando descrever-descobrir o processo de construção da polissêmica categoria “organização”,a presentando um exercício exploratório de caracterização dos principais eixostemáticos, procurando integrar reflexões e discussões cognitivas, éticas e políticas.
O filósofo francês Michel Foucault auxilia na problematização do tema, definindo as relações dadas entre a política e a vida, e definindo o cálculo de atuação que a política faz sobre a vida.
Tendo em vista o momento histórico que Foucalt viveu – 1926 a 1984- ou seja, durante a crise e ascensão docapitalismo, ou seja, durante a segunda guerra- sua opção sexual – há vários relato que Foucault era homossexual – percebe-se o por que de sua doutrina filosófica discutir o auto conhecimento do sujeito, as relações de poder e os efeitos que este ocasiona.
Suas análises se cria de forma indutiva para que homem se auto conheça para se estabelecer como sujeito das relações de diálogos,estuda o poder destituído de uma instituição, grupo ou manifestação política, pois se estudado dentro destes não haverá uma busca pela verdade e sim uma verdade imposta.
Para tanto no desenvolvimento do trabalho primeiramente mostrará o contexto histórico que o filósofo viveu para em seguida fazer a correlação entre os temas proposto, vez que impossível a tarefa de analisa-los separados, poiscomo se demonstra-rá, para o filosófo o homem se firma como sujeito através de suas interações sociais que para existir deve estar destituída de um centro de poder.


2-DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO

2.1- O FILÓSOFO FRANCÊS PAUL- MICHEL FOUCAULT (1926-1984)


Michel Fooucault é um filósofo francês, nasceu em 15 de outubro de 1926 e em sua obra Hermenêutica do Sujeito trata do saber, das...
tracking img