Resumo filme fabrica de loucuras - gung ho (1986)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1243 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fábrica de Loucuras – Gung Ho (1986)

Quando uma fábrica de automóveis localizada em uma pequena cidade americana é fechada, um pânico generalizado toma conta do lugar, pois a maioria dos habitantes trabalha na fábrica. Até que um funcionário (Michael Keaton) vai até Tóquio, na tentativa de convencer os japoneses a assumirem a fábrica. Eles concordam com a proposta, mas como os métodos detrabalho oriental e ocidental são bem distintos, um choque cultural se torna inevitável.
No filme, os orientais são rigorosos e não permitem modos de trabalho que estejam fora das regras, banindo a maneira de como os Norte-Americanos trabalham. A fábrica (Assan Motors) na visão dos orientais é prioridade, e vem em primeiro lugar, depois suas famílias e amigos. Enxergam como o sustento da família e émuito importante para as famílias e o país.
Sr. Stevenson foi convocado pelos executivos para gerenciar a equipe da fábrica e atender a demanda de carros fabricados. Mas não foi como ele imaginou, que seria tão fácil lidar com pessoas e seus problemas. Os funcionários começam a se revoltar e cobrar o responsável por não trabalharem como trabalhavam antes, e não dar atenção à família.
O climacomeça a ficar pesado e os funcionários cada vez mais revoltado. O sindicato intervém para tentar lutar pelos mesmos e oferecer remuneração compatível com o que ganhavam antes da fábrica ser fechada. Foi proposto um salário igual ao de antes caso atingissem 15.000 carros fabricados em um mês, o qual é o recorde dos japoneses. Os funcionários criticam a meta e Stevenson promete 13.000 carros paraobter uma parte do aumento, o qual era uma mentira e os japoneses não aceitariam tal proposta. Funcionários trabalham dia e noite e não conseguem atingir a meta. Quando vão cobrar Stevenson, o mesmo assume que mentiu e todos vão embora ignorando Keaton.
Um dos contatos de Stevenson é o executivo Takahara Oishi, o qual assume a gerência da fábrica nos EUA. Stevenson e Oishi já haviam se encontradono Japão em um treinamento de gerentes, o qual Oishi espumava de tanto esforço e diciplina.
Oishi tem a mesma visão e comportamento dos norte-americanos e no final acaba brigando com os executivos japoneses pois não agüenta mais a forma de como são tratados. Stevenson e Oishi se juntam e no último dia da entrega dos carros, o qual a fábrica estava sendo fechada, entram e começam a trabalharsomente os dois e os funcionários ficam de fora. Após, funcionários se juntam para terminar os carros e são entregues 14.994 e mais os que estão dentro da fábrica. Mas, esses carros não foram fabricados como os japoneses queriam, “Zero defeitos” e o Sr. Sakamoto (Chefe Geral) começa e ver defeitos e vira as costas. Stevenson e Oishi o chamam de volta e Stevenson troca seu carro por um dos novosfabricados e quando sai com o carro o mesmo desmonta. Vários problemas foram verificados pelo Sr. Sakamoto. Com seu jeito arrogante vira a Oishi e solicita que todos os carros sejam arrumados, e grita a todos que atingiram 15.000 carros, com defeito ou não. Todos vibram e os operadores norte-americanos começam a fazer parte dos procedimentos japoneses. 

Ocidente e Oriente.
A divisão do mundo emOcidente e Oriente foi feita a partir da relação do Meridiano de Greenwich, todos os países que estão à esquerda do Meridiano são os ocidentais, e os que estão à direita são os orientais. A divisão entre eles é a linha internacional de data, o meridiano oposto ao de Greenwich.
A história da China revela uma das mais tradicionais culturas, que se mantiveram sem grandes mudanças mesmo até temposrecentes. É inevitável que a educação também reproduzisse esse caráter conservador, voltado para a transmissão da sabedoria contida nos livros clássicos, ainda que aperfeiçoada por interpretações posteriores de outros sábios.
Durante séculos o Oriente foi governado por imperadores que dividiram sua história em dinastias, hoje o Oriente ainda possui o ar dos antigos impérios, hoje é baseada na...
tracking img