Resumo do conto "Rosas na cabeceira"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (572 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Rosas na cabeceira
O conto ´´Rosas na cabeceira``, apresenta uma história onde,logo após ter seu primeiro filho,uma mulher é visitada por sua vizinha que,depois de parabenizá-la,olha de formaséria à ela,dizendo ´´leito de vida,leito de morte``,a frase logo assusta a recente mãe,fazendo com que adquirisse repulsa do móvel e lhe causasse pesadelos.Apesar daquela ser uma bela cama,com quatrorosas entalhadas na cabeceira, madeira lustrada por longo tempo e muitas mãos,cuja havia pertencido à sua mãe e sua avó,resolveu vendê-la e logo quando avistou o mascate,apresentou aoferta,que,aproveitando-se da situação,pagou apenas quatro moedas pelo móvel.
Possuindo pouco valor,a mulher enterrou as moedas,que um tempo depois,surpreendentemente,fizeram surgir uma arvore.
Anos se passaram,amulher teve outros filhos e sua vida prosseguiu,até que um dia,ao sentir uma forte tonteira,percebeu-se doente,definhou e acabou tendo de ser levado ao leito,seu marido,com o objetivo de lheajudar,resolveu confeccionar-lhe uma nova cama,foi ate o quintal e cortou aquela mesma arvore que a poucos anos atrás surgiu de moedas.
No leito construído por seu marido a partir daquela árvore, foram entalhadasrosas,quatro rosas.E então o conto se encerra.
Durante toda a leitura do texto,é possível perceber uma forte correspondência do universo ficcional criado por Mariana Colasanti com o universoreal,pois vários elementos de sua obra possuem um sentido adicional cuja contribuem para a formação da moral da mesma e efetivam seu caráter humanizador,de forma que é possível realizar a seguinte análise:No início do conto,logo quando a personagem ganha seu filho e ouve as enigmáticas palavras de sua vizinha (´´leito de vida,leito de morte``),a recente mãe logo se assusta,tais dizeres passam arepresentar para ela uma ameaça,um agouro,um medo,que a fazem se render a seus próprios pensamentos e interpretações da frase,de forma que anseia por ser livrar do móvel imaginando que aquele leito...