Resumo dear john

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 340 (84858 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Querido John
Nicolas Sparks

Sinopse: Um rebelde raivoso, John deixou a escola e se alistou no exército, não sabendo o que mais
fazer com a sua vida--até que ele encontra a garota dos seus sonhos, Savannah. Sua atração mútua
cresce rapidamente e se transfoma no tipo de amor que deixa Savannah esperando que John termine
suas obrigaçoes, e Johnquerendo se acalmar com a mulher que capturou seu coração. Mas o 11 de
setembro muda tudo. John sente que é seu dever se realistar. E lamentavelmente, durante a longa
separação Savannah se apaixona por outra pessoa. "Querido John," a carta dizia... e com essas duas
palavras um coração foi quebrado e duas vidas foram mudadas para sempre. De volta pra casa, John
deve lidar com o fato de queSavannah, agora casada, ainda é o seu amor verdadeiro-e encarar a
decisão mais difícil da sua vida.

Prólogo

Lenoir, 2006

O que significa amar verdadeiramente outra pessoa?
Havia um tempo na minha vida em que eu pensava que realmente sabia a resposta: significava que
eu me importava com Savannah mais profundamente do que eu me importava comigo mesmo e que
nós iríamos passar o resto dasnossas vidas juntos. Não teria sido preciso muito. Uma vez ela me
contou que a chave para a felicidade era sonhos alcançáveis, e que os dela não eram nada fora do
comum. Casamento, família... o básico. Significava que eu teria um emprego fixo, a casa com a
cerca branca, e uma minivan ou um SUV* grande o bastante para levar nossas crianças à escola, ou
ao dentista, ou ao treino de futebolou aos recitais de piano. Duas ou três crianças, ela nunca foi
clara quanto à isso, mas o meu palpite é que quando o tempo viesse, ela teria sugerido que nós
deixássemos a natureza seguir seu curso e deixar que Deus tomasse a decisão. Ela era assim-
religiosa, eu quero dizer-e eu acho que isso foi parte da razão que eu me apaixonei por ela. Mas não
importa o que estivesse acontecendo nasnossas vidas, eu podia me imaginar deitado ao lado dela na
cama no fim do dia, abraçando-a enquanto nós conversávamos e ríamos, perdidos nos braços um do
outro.
Não soa tão irreal, certo? Quando duas pessoas se amam? Isso era o que eu pensava também. E
enquanto uma parte de mim ainda quer acreditar que é possível, eu sei que não vai acontecer.
Quando eu for embora de novo, eu nunca vouvoltar.
*Tipo de carro grande.
Por enquanto, no entanto, sentarei na encosta da colina espiando a fazenda dela e espararei ela
aparecer. Ela não poderá me ver, é claro. No exército, você aprende a se camuflar nos seus
arredores, e eu aprendi bem, porque eu não tinha nenhum desejo de morrer em algum depósito de
lixo estrangeiro no meio do deserto do Iraque. Mas eu tinha que voltar para essapequena cidade
montanhosa da Carolina do Norte para descobrir o que aconteceu. Quando uma pessoa coloca
alguma coisa em movimento, há um sentimento de mal-estar, quase arrependimento, até você
descobrir a verdade.
Mas disso eu estou certo: Savannah nunca saberá que eu estou aqui hoje.
Uma parte de mim dói só com o pensamento de ela estar tão perto e ainda assim tão intocável, mas
ahistória dela e a minha são diferentes agora. Não foi fácil pra mim aceitar essa simples verdade,
porque houve um tempo em que nossas histórias eram as mesmas, mas isso foi há seis anos e duas
vidas atrás. Há lembranças para nós dois, é claro, mas eu aprendi que as memórias podem ter uma
presença física, quase viva, e nisso, Savannah e eu somos diferentes também. Se as dela são as
estrelas no céuda noite, as minhas são os espaços vazios entre elas. E diferente dela, eu tenho sido
sobrecarregado com perguntas que eu tenho feito a mim mesmo mil vezes desde a última vez que
nós estivemos juntos. Por que eu fiz o que fiz? E eu faria de novo? Fui eu, você sabe, quem acabou
tudo.
Nas árvores ao meu redor, as folhas estão só começando a lentamente mudar pra cor de fogo,
reluzindo...
tracking img