Resumo de ma apostila de filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3165 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O SURGIMENTO DA FILOSOFIA NA GRÉCIA ANTIGA

Os diferentes povos da Antiguidade tiveram visões próprias da natureza e maneiras diversas de explicar os fenômenos e processos naturais. Só os gregos, entretanto, fizeram ciência, e é na cultura grega que podemos identificar o principio deste tipo de pensamento que podemos denominar, nesta fase inicial, de filosófico-cientifico.
• Homero (séc. IXa. C) e Hesíodo (séc. VIII a. C): Fizeram registras poéticas de tradições de diversos povos que ocuparam a Grécia.
A filosofia surge nas colônias da Jônica, com as seguintes condições:

 Viagem Marítima: Desmistificação dos territórios distantes;
 Vida Urbana: Cosmopolitismo (fluxo de diversas culturas na mesma região)
 Moeda: Valor abstrato de troca – pensamento filosófico-científico/atribuição de valores diferentes ao mesmo produto de forma abstrata; Comportamento abstrato de pensamento;
 Escrita Alfabética: hábitos abstratos de pensamento;
 Invenção da Política: Estimulo do consenso de conhecimento havendo um discurso completo.
CARACTERÍSTICAS DOS PENSAMENTOS GREGOS:
Pensamento Mítico:
• Um povo explica aspectos essenciais da realidade em que vive;
• Caracterizado pelotipo de discurso que constitui;
• Pressupõe a adesão, a aceitação dos indivíduos, na medida em que constitui as formas de suas experiência do real, tendo como elementos centrais o apelo ao sobrenatural, ao mistério, ao sagrado, à magia.
• Organiza as relações sociais de modo a legitimar e garantir a permanência de um sistema complexo de proibições e permissões;
PensamentoFilosófico-Científico:
• Nasce da insatisfação com o tipo de explicação do real que encontramos no pensamento mítico.
• Reflete sobre a realidade, qualquer que seja ela, descobrindo seus significados mais profundos.

a) A Physis:
Denominados, estudiosos ou teóricos da natureza. Assim o objeto de investigação dos primeiros filósofos cientistas é o mundo natural;
b) A causalidade:
Interpretada em termosestritamente naturais buscando um principio lógico e racional;
c) A arqué (elemento primordial):
A existência de um elemento primordial (água – Tales de Mileto, ar, fogo).
d) O cosmo:
Idéias de ordem, harmonia e beleza (universo).

e) O logos:
É fundamentalmente uma explicação, em que razões são dadas, (discurso).
- Para os Gregos: Verdade - > Alethéia -> Adequação do pensamento à coisa.
f) Ocaráter crítico:
Teorias onde eram apresentadas como passíveis de serem discutidas, de permitirem formulações e propostas alternativas.

OS FILÓSOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS

 A denominação: “filósofos pré-socráticos”
É basicamente cronológica e designa os primeiros filósofos, que viveram antes de Sócrates (470-399 a.C), chegando alguns dos últimos a ser seu contemporâneos. Sócrates é tomado como ummarco não só devido a sua influencia e importância, mas também por introduzir uma nova problemática na discussão filosófica.
A leitura, interpretação e discussão da filosofia dos pré-socráticos envolve para nós uma grande dificuldade. Em alguns casos é possível ate que não tenha havido obra escrita, já que a tradição filosófica grega em seus primórdios valorizava mais a linguagem falada do que aescrita.
A filosofia era vista essencialmente como discussão, debate, e não como texto escrito.
 São duas as principais fontes de que dispomos para o conhecimento dos filósofos pré-socráticos: a doxografia e os fragmentos.
• A doxografia consiste em sínteses do pensamento desses filósofos e comentários a eles.
• Os fragmentos são citações de passagens dos próprios filósofos pré-socráticosencontradas também em obras posteriores.
A diferença principal entre ambos é a seguinte: enquanto o fragmento nos dá as próprias palavras do pensador, a doxografia apresenta seu pensamento nas palavras de outro.
A obra Vidas e doutrinas dos filósofos ilustres é uma das principais fontes para conhecer o pensamento dos pré-socráticos, costuma dividi-los em duas grandes correntes, a escola...
tracking img