Resumo das escolas da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2314 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Contista

A escola contista foi a primeira corrente de pensamento contábil. Seu surgimento está relacionado aos estudos feitos pelos expositores do método de Partidas Dobradas.
Para os criadores da escola contista, a preocupação central da contabilidade era com o processo de escrituração e com as técnicas de registro através das contas.
Em 1795, foi divulgada a chamada “teoriadas cinco contas”, baseada em estudo realizado em 1675 por Jacques Savary sobre a teoria geral das contas. As cinco contas seriam: mercadoria, dinheiro, contas a receber, contas a pagar e lucros e perdas.
Este esquema de cinco contas, deu lugar ao surgimento de um Livro Diário/Razão de 6 colunas, no qual constavam ainda colunas para a data, detalhes, total, etc.
Mais tarde, com o surgimentodas sociedades com mais de um capitalista, criou-se a conta capital, considerada pelos contistas como uma dívida da empresa para com o capitalista.
Os principais personagens do contismo foram: Fibonacci, Pegolotti, Pietra, Flori, Degranges, sendo que os mais destacados foram Cotrugli e Frei Luca Pacioli.

Escola Materialista

A Teoria Materialista divide as contas em: Diferenciais ou deResultados e Integrais ou Patrimoniais.
As Contas Diferenciais ou de Resultados são aquelas que acarretam diferenças no Patrimônio, isto é, acarretam uma variação na Situação Líquida do Patrimônio.
As contas Integrais ou Patrimoniais são aquelas que integram o Patrimônio, isto é, todas as contas que representam Bens, Direitos e Obrigações.
Podemos ter ainda contas mistas, que ao mesmo tempointegram o Patrimônio e acarreta divergência no mesmo.
Essas contas representam uma relação com a materialidade, ou seja, estas contas só devem existir enquanto existirem também os elementos materiais por ela representados na entidade.
A base doutrinária afirmava serem as contas abertas a valores e não a relações pessoais, admitindo a escrita contábil como parte mecânica. Entendia ser a riquezaaziendal a substância de estudo.

Um estudo da aplicação dos princípios econômicos gerais ao campo da administração das entidades. Contribuiu com a evolução científica da Contabilidade por suas diversas enunciações, destacando-se delas suas bases de raciocínio sobre os meios patrimoniais, a utilidade e os seus limites, a renda, o princípio da competência, o valor, os fenômenos contábeis dasimaterialidades; Demonstrou que a Contabilidade não é apenas uma técnica de informação, mas algo que se preocupa em conhecer o substancial que se encontra muito além do registro.


Escola Personalista

Os séculos XII e XIII, já na Idade Média, marcaram o fim da era da Contabilidade
antiga e o início da era da Contabilidade moderna. Com o início das práticas de partidas
dobradas, surgiram nacidade de Gênova, as escolas do pensamento contábil.
A Escola Personalista aparece na metade do século XIX, por Francesco Marchi e
Giuseppe Cerboni. Na ótica interdisciplinar de análise do pensamento, fundamentou-se nos
princípios da personalidade das contas e da contraposição de interesses entre o proprietário e
terceiros.
O personalismo, em contabilidade, classifica as contas do proprietário,dos administradores, dos consignatários e dos correspondentes. Seriam contas representativas de pessoas, cuja precedência superava a importância dos valores das contas. Daí o nome personalismo.
As contas do proprietário representam o patrimônio líquido, as receitas e as despesas. As contas dos administradores, consignatários e correspondentes referem-se aos bens, direitos e obrigações dos agentesinternos e externos à azienda (patrimônio sofrendo constantes ações de natureza econômica, do elemento humano). Um exemplo de administrador seria um vice-presidente de operações de uma entidade, que possui bens, direitos e obrigações sob sua responsabilidade, prestando contas desses aos proprietários. Os consignatários possuíriam responsabilidades internas diretas, como um tesoureiro ou...
tracking img