Resumo da republica de platao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 386 (96411 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONDENSADO DO COMENTÁRIO À METAFÍSICA DE ARISTÓTELES ESCRITO POR SÃO TOMÁS DE AQUINO:Index.

S. Tomás de Aquino

COMENTÁRIO À METAFÍSICA DE ARISTÓTELES
CONDENSADO

Livro I
s

I. INTRODUÇÃO E OBJETO DA METAFÍSICA II. RECAPITULAÇÃO DA DOUTRINA DAS QUATRO CAUSAS EXPOSTA NOS LIVROS DE FÍSICA. III. AS OPINIÕES DOS FILÓSOFOS ACERCA DAS CAUSAS DAS COISAS.

s

s

Livro II
sI. CONSIDERAÇÕES INTRODUTÓRIAS DIVERSAS.

Livro III
s

DISPUTAS ACERCA DO QUE PERTENCE À CONSIDERAÇÃO DA METAFÍSICA.

Livro IV
s

O ENTE COMO OBJETO DA METAFÍSICA. A ANALOGIA. O UNO. OS PRIMEIROS PRINCÍPIOS.

file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Pro...ri/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/05/0-Metafisica.htm (1 of 4)2006-06-01 17:55:16

CONDENSADO DO COMENTÁRIO ÀMETAFÍSICA DE ARISTÓTELES ESCRITO POR SÃO TOMÁS DE AQUINO:Index.

Livro V
s

DEFINIÇÕES E ACEPÇÕES DIVERSAS DOS TERMOS FILOSÓFICOS.

Livro VI
s

O MODO PELO QUAL A METAFÍSICA CONSIDERA O ENTE

Livro VII
s

I. A DIVISÃO DO RESTANTE DO TRATADO DA METAFÍSICA. II. INTRODUÇÃO À DETERMINAÇÃO DO ENTE SEGUNDO A DIVISÃO EM 10 PREDICAMENTOS. III. A ORDEM PARA SE PROCEDER NADETERMINAÇÃO DA SUBSTÂNCIA. IV. A ESSÊNCIA OU QÜIDIDADE DAS COISAS SENSÍVEIS. O QUE É, DE QUEM É, E SE DIFERE DAQUILO DE QUEM É V. A ESSÊNCIA OU QÜIDIDADE DAS COISAS SENSÍVEIS. SEGUNDA PARTE. A GERAÇÃO DAS FORMAS E DAS QÜIDIDADES ESSÊNCIAS NAS SUBSTÂNCIAS SENSÍVEIS VI. A ESSÊNCIA OU QÜIDIDADE DAS COISAS SENSÍVEIS. TERCEIRA PARTE. DO QUE A ESSÊNCIA É COMPOSTA E A UNIDADE DA DEFINIÇÃO QUE AEXPRESSA VII. OS UNIVERSAIS

s

s

s

s

s

s

file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Pro...ri/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/05/0-Metafisica.htm (2 of 4)2006-06-01 17:55:16

CONDENSADO DO COMENTÁRIO À METAFÍSICA DE ARISTÓTELES ESCRITO POR SÃO TOMÁS DE AQUINO:Index.

Livro VIII
s

A MATÉRIA E A FORMA E A SUA UNIÃO

Livro IX
s

I. INTRODUÇÃO AO LIVRO IX II.A DETERMINAÇÃO DA POTÊNCIA. III. A DETERMINAÇÃO DO ATO IV. A COMPARAÇÃO DO ATO PARA COM A POTÊNCIA SEGUNDO A ANTERIORIDADE E A POSTERIORIDADE V. A COMPARAÇÃO DO ATO PARA COM A POTÊNCIA SEGUNDO A INTELIGÊNCIA DO VERDADEIRO E DO FALSO

s

s

s

s

Livro X
s

I. PROPÓSITO E RECOMPILAÇÃO DE CONSIDERAÇÕES ANTERIORES II. DOUTRINA DO LIVRO X ACERCA DO UNO

s

Livro XI
s

I.INTRODUÇÃO E COMPILAÇÃO DO QUE É ÚTIL PARA O CONHECIMENTO DAS SUBSTÂNCIAS SEPARADAS.

file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Pro...ri/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/05/0-Metafisica.htm (3 of 4)2006-06-01 17:55:16

CONDENSADO DO COMENTÁRIO À METAFÍSICA DE ARISTÓTELES ESCRITO POR SÃO TOMÁS DE AQUINO:Index.

Livro XII
s

I. CONTINUA A COMPILAÇÃO DO QUE É ÚTIL PARA ADETERMINAÇÃO DAS SUBSTÂNCIAS SEPARADAS. II. DETERMINAÇÃO DAS SUBSTÂNCIAS IMÓVEIS SEPARADAS DA MATÉRIA. III. UNIDADE E PLURALIDADE DAS SUBSTÂNCIAS IMATERIAIS IV. A SUBSTÂNCIA PRIMEIRA COMO INTELECTO E BEM INTELIGÍVEL. V. A SUBSTÂNCIA PRIMEIRA COMO BEM APETECÍVEL.

s

s

s

s

XIIIª Parte
s

DE ENTE ET ESSENTIAfile:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Pro...ri/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/05/0-Metafisica.htm (4 of 4)2006-06-01 17:55:16

METAFISICA: LIVRO I I. INTRODUÇÃO E OBJETO DA METAFÍSICA, Index.

LIVRO I I. INTRODUÇÃO E OBJETO DA METAFÍSICA

Índice
1. Todo homem por natureza deseja conhecer. 2. Levanta-se uma objeção. 3. Um sinal revelador de que todo homem deseja conhecer. 4. O que é comum a todos os animais. 5. Os três graus deconhecimento nos animais. 6. Em que o conhecimento humano excede o conhecimento animal. 7. A geração da experiência no homem. 8. A geração da arte no homem. 9. Comparação da arte com a experiência. 10. As causas da preeminência da arte sobre a experiência quanto ao conhecimento. 11. Comparação da arte ativa com a arte especulativa. 12. Observação. 13. Conclusão. O objeto da Metafísica....
tracking img