Resumo as familias giddens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2417 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Capitulo As famílias – Sociologia – Guiddens

Conceitos básicos
Familia é um grupo de pessoas diretamente unidas por conexões parentais, onde os membros adultos assumem a responsabilidade pelo cuidado das crianças. Laços de parentesco são conexões entre os indivíduos estabelecidas tanto por casamento quanto por linhas de descendência. O casamento é a união sexual entre indivíduos adultossocialmente reconhecida e aprovada.
Familia nuclear são dois adultos vivendo juntos responsáveis por seus filhos. Em sociedades tradicionais o núcleo familiar era parte de uma rede mais ampla de parentesco. Quando parentes próximos vivem no mesmo ambiente familiar ou em um relacionamento próximo e continuo fala-se em família ampliada.
Nas sociedades ocidentais a família está associada a monogamia.A poligamia e a poliandria existe e existiu em diversas sociedades ao longo do tempo.

Diversidade familiar
Muitos autores entendem que não se pode falar em família como único modelo relativamente universal. O núcleo familiar tradicional vem sendo erodido ao longo das ultimas décadas. Portanto, o termo famílias enfatiza a diversidade das formas familiares.

Perspectiva Teórica sobre afamília
A perspectiva funcionalista
Vê a sociedade como um conjunto de instituições sociais que desempenham funções especificas para assegurar a continuidade e o consenso. Nessa pespectiva a famila tem a função de auxiliar nas necessidades básicas da sociedade e perpetuar a ordem social. Com o advento da industrialização a família passou a concentrar-se na reprodução da educação infanto-juvenil e nasocialização.
A família convencional seria a mais bem equipada para lidar com as demandas da sociedade industrial. Nela um adulto trabalha enquanto outro se responsabiliza pela criação dos filhos. Ou seja, dentro da família o homem cumpre a função instrumental de provedor enquanto a mulher a função afetiva, emocional dentro do ambiente doméstico.
Essa visão é duramente criticada por considerar adivisão sexual do trabalho como algo natural e incontroverso. Também não considera a importância de outras instituições sociais no desempenho da socialização. Ignoram também as variações nos padrões familiares que não correspondem ao modelo de família tradicional. As outras formas de família são consideradas desviantes.
Abordagens Feministas
O feminismo desafiou a visão de que a família é umambiente cooperativo, baseado nos interesses comuns e no apoio mutuo. Mostraram as relações de poder desigual dentro das famílias, o que significam que alguns membros tendem a ter mais benefícios que outros.
Três temas são considerados principais:
1 – A divisão sexual do trabalho. Ou seja, modo como as tarefas são distribuídas entre os membros do mesmo núcleo domestico. O advento histórico dessadivisão não é consenso entre as feministas. Algumas veem como resultado do capitalismo industrial, outras alegam que está ligada ao patriarcado precedendo a industrialização. Embora a divisão sexual do trabalho preceda a industrialização, a produção capitalista ocasionou uma distinção mais aguda entre a esfera doméstica e a do trabalho. Esse processo cristalizou a divisão entre a esfera feminina ea masculina, além das relações de poder.
As sociólogas feministas investigaram a família simétrica, ou seja, a crença de que com o tempo, as famílias vem se tornando mais igualitárias. Os estudos apontam que as mulheres ainda carregam a principal responsabilidade pelos afazeres domésticos e desfrutam menos tempo de lazer, embora nunca antes tantas mulheres trabalharam fora em empregosremunerados.
2 – As relações desiguais de poder existentes dentro da família. Dentro desse assunto um tópico que recebe cada vez mais atenção é o da violência domestica. As autoras buscaram entender como a família serve de palco para a opressão entre os sexos.
3- As atividades assistências abrangem uma variedade de processos, do atendimento a um membro enfermo na família aos cuidados a parentes idosos...
tracking img