Responsabilidade social e meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1940 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ANHANGUERA-FACNET

Nomes: RAS:
Gesianny Freitas de Sousa 2322377638
Iolanda de Moura Morais 2327399309
Josiane de Freitas de Brito 2330430670
Marília Lira Pereira 2315340002
Marta Graciane dos Reis 2329429098
Priscila Maia Ramos Vieira 2330434439

DESAFIO DE APRENDIZAGEM
Responsabilidade social e meio ambiente(serviço social)

Brasília/DF
2011
Etapa N° 1
Nunca antes se ouviu falar tanto nessa palavra quanto nos dias atuais: Sustentabilidade. Segundo a Wikipédia: “sustentabilidade é um conceito sistêmico; relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana”.
É um assunto eminentemente multidisciplinar, onde os profissionais de todas as áreasdo conhecimento se unem para elaboração de um planejamento ambiental. Arquitetos, economistas, sociólogos, assistentes sociais, engenheiros, etc., são exemplos de profissionais que se achavam fora de um planejamento ambiental e atualmente participam ativamente de equipes de estudos e avaliações ambientais. Já não se discute a preservação dos recursos naturais, se discute a melhor utilização dessesrecursos sem extingui-los. Num mundo capitalista, se não for dado um valor financeiro aos recursos naturais sua preservação é bastante difícil.
"Embora a inquietante realidade ambiental seja por muitos ainda ignorada ou menosprezada, torna-se cada vez mais evidente que, quanto a seus rumos futuros, a Humanidade se defronta com um gravíssimo dilema nos temposatuais." (CÂMARA,1996)
O desenvolvimento econômico e social de um município depende da efetivação de políticas públicas adequadas em prol do saneamento básico. Também os direitos fundamentais à vida, à saúde, à habitação, ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, protegidos pela Constituição do Brasil, requerem ações estatais eficazes em termos de oferecimento de serviços de saneamento básico.Segundo a Lei nº 11.445/2007 que trata sobre as diretrizes nacionais para o saneamento básico, dispondo, entre outras questões, a respeito dos princípios fundamentais, do exercício da titularidade, da prestação regionalizada dos serviços públicos de saneamento básico, atividades de planejamento, da regulação, aspectos econômicos e sociais, aspectos técnicos, participação de órgãos colegiados nocontrole social e política federal de saneamento básico. Tem por objetivo promover a melhoria da qualidade de vida, implementando ações locais que possibilitem a utilização consciente dos recursos naturais e a redução de rejeitos e desperdícios. O Município deve orientar o diálogo com os setores envolvidos, definindo ações necessárias à correção dos problemas levantados e buscando priorizar medidastais como tratamento de esgotos, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo das águas pluviais urbanas.
Os Municípios precisam de mais efetividade na questão dos resíduos produzidos pelas cidades e a destinação correta para os mesmos. As empresas privadas que assumem a responsabilidade para tratar o saneamento básico devem ter diretrizes amparadas nasleis ambientais. Os municípios devem ter políticas públicas objetivas e aplicáveis a sua realidade, ter e manter programas adequados e funcionais, onde a operação e manutenção sejam condizentes com a realidade social do município.

Etapa N° 2
As aplicações da Política Nacional do Meio Ambiente quanto ao planejamento Ambiental.
A questão ambiental deve ser tratada de forma globalconsiderando que a degradação ambiental é resultante de um processo social, determinado pelo modo como a sociedade apropria-se e utiliza os recursos naturais. O modo como se dá o crescimento econômico, comprometendo o meio ambiente, prejudica o próprio crescimento, pois inviabiliza um dos fatores de produção: o capital natural. Natureza, terra, espaço sustentação e conservação dos ecossistemas. A...
tracking img