Residuos solidos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4254 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNPB - FACULDADE UNIDA DA PARAÍBA
BACHARELADO EM ENGENHARIA AMBIENTAL





EDILSON TEOTONIO DO NASCIMENTO DOS SANTOS
MARCÍLIO DORNELLES NASCIMENTO DOS SANTOS








FATORES DE FORMAÇÃO DO RELEVO













JOÃO PESSOA
2012

EDILSON TEOTONIO DO NASCIMENTO DOS SANTOS
MARCÍLIO DORNELLES NASCIMENTOS DOS SANTOS






FATORES DE FORMAÇÃO DO RELEVOJOÃO PESSOA
2012

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3
INTRODUÇÃO 3


2 DINAMICA EXTERNA 6
2.1 ANTEGENTES DO IMPERISMO 6
2.2 INTEMPERISMO QUÍMICO 6
2.3 INTEMPERISMO FÍSICO OU MECÂNICO 6
2.4 A EROSÃO E A MODELAGEM DO RELEVO 7
2.5 A AÇÃO DAS CHUVAS 8
DISCUSSÃO 9
CONCLUSÕES 11
BIBLIOGRAFIAS 11




OBJETIVO


O presente trabalho foi elaboradoapós consultas e pesquisa a diferentes autores, visa atender a disciplina de Geociências, mostrar os processos de formação do relevo do planeta terra, comparando os dois e explicar suas diferenças, explicando as consequências das interações entre ambos, estudandando a dinâmica interna e externa do planeta, descrevendo e explicando os eventos que formaram e continuam formando todo relevo do planeta.INTRODUÇÃO
O relevo corresponde às irregularidades contidas na superfície terrestre. Sua formação pode ter duas origens, provenientes de fatores endógenos (internos) e exógenos (externos).
Os fatores internos da formação do relevo são o tectonismo e o vulcanismo. O tectonismo influencia na formação de relevo por meio das acomodações das placas litosféricas que podem ser deaproximação ou de afastamento.
Os movimentos das placas litosféricas são provocados pela quantidade de calor existente dentro da Terra, dando origem às correntes de convecção que podem ser convergentes e divergentes: a primeira quando as placas se chocam e a segunda quanto se afastam.
O processo de vulcanismo interfere na formação do relevo, pois quando existe uma grande pressão no interior daTerra, as camadas da crosta se rompem. De uma forma geral, o vulcanismo dá origem a duas formas de relevo: as montanhas e os planaltos.
Já os fatores exógenos (externos) formam o relevo por meio de erosões, que podem ser pluviais (provocadas pela água da chuva) e fluviais (provocadas pelas águas dos rios e mar). Nesses casos, o relevo sofre alterações, pois o escoamento das águas o desgastadando a ele gradativamente novas formas.
As geleiras também promovem modificações no relevo através da erosão glacial, quando ocorrem avalanches e porções de rochas se desprendem, alterando, assim, o relevo do local. Por fim, existe a modificação do relevo por meio da ação dos ventos, denominada erosão eólica.
O homem também é um agente externo de transformação do relevo. Essasmodificações são provenientes das atividades e das relações humanas. O homem, através do trabalho, transforma o relevo segundo os interesses econômicos ou mesmo para habitação.
DINÂMICA INTERNA DA TERRA


A Terra é constituída, basicamente, por três camadas:
• Crosta - Camada superficial sólida que circunda a Terra. Tem, em média, de 30 a 40 km de espessura, mas pode ser bem mais fina ou chegar a até70km.
• Manto - Camada viscosa logo abaixo da crosta. É formada por vários tipos de rochas que, devido às altas temperaturas, encontram-se em um estado complexo que mistura materiais fundidos e sólidos e recebe o nome de magma. Vai a 2900 km de profundidade.
• Núcleo - É a parte central do planeta. Acredita-se que seja formado por metais como ferro e níquel em altíssimas temperaturas.Possui duas partes :
• Núcleo externo : Líquido - de 2900 a 5150 km.


• Núcleo interno : Sólido, devido à altíssima pressão. - Até 6371 km.
Tanto entre a crosta e o manto como entre o manto e o núcleo existem zonas intermediárias de separação, as chamadas descontinuidades. Entre a crosta e o manto há a descontinuidade de Mohorovicic, e entre o manto e o núcleo, existe a...
tracking img