Resenhas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3435 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DIRETIZES E PRINCÍPIOS DO SUS - Concursos
Enviado ter, 28/04/2009 - 02:17 por Shakti

Assuntos relacionados:
Concursos
,
Específicos

Nota média:
4.8
Sua nota: Nenhum Avaliação média: 4.8 (5 votos)


Baseado no exposto acima, o SUS, pressupõe doutrinas e princípio a serem seguidos, como falaremos a seguir: As doutrinas são:

Universalidade - É a garantia deatenção à saúde a todo e qualquer cidadão. Com a universalidade o cidadão tem o direito de acesso a todos os serviços de saúde, seja público ou contratado/conveniado pelo servIço público. A saúde é um direito do cidadão e dever dos Governos: municipal, estadual e federal.
Eqüidade - É a garantia de que todo cidadão é igual perante o SUS e será atendido nos serviços de saúde em qualquer nível decomplexidade de assistência, conforme caaa caso requeira, independente de seu local de moradia, sem privilégio e/ou barreiras até o limite de que o sistema pode oferecer.
Integralidade - É a compreensão de que o homem é um ser integral e deverá ser atendido por um sistema integrado pelas ações que visam promover, proteger e recuperar a saúde.

Os princípios que regem a organização do SUS:DIRETIZES E PRINCÍPIOS DO SUS - Concursos
Enviado ter, 28/04/2009 - 02:17 por Shakti
Assuntos relacionados:
* Concursos
,
* Específicos
Nota média:
4.8
Sua nota: Nenhum Avaliação média: 4.8 (5 votos)
 
Baseado no exposto acima, o SUS, pressupõe doutrinas e princípio a serem seguidos, como falaremos a seguir: As doutrinas são:
* Universalidade - É a garantia de atenção àsaúde a todo e qualquer cidadão. Com a universalidade o cidadão tem o direito de acesso a todos os serviços de saúde, seja público ou contratado/conveniado pelo servIço público. A saúde é um direito do cidadão e dever dos Governos: municipal, estadual e federal.
* Eqüidade - É a garantia de que todo cidadão é igual perante o SUS e será atendido nos serviços de saúde em qualquer nível decomplexidade de assistência, conforme caaa caso requeira, independente de seu local de moradia, sem privilégio e/ou barreiras até o limite de que o sistema pode oferecer.
* Integralidade - É a compreensão de que o homem é um ser integral e deverá ser atendido por um sistema integrado pelas ações que visam promover, proteger e recuperar a saúde.
Os princípios que regem a organização do SUS:
*Regionalização e Hierarquização - Os serviços devem ser organizados em níveis de complexidade tecnológica crescente, dispostos numa área geográfica delimitada e com a definição da população a ser atendida (população alvo). O acesso aos serviços deverão se dar a nível primário e seguir a hierarquia dos níveis de atenção segundo a necessidade de resolução do problema. A rede de serviços deverá serorganizada de forma hierarquizada e regionalizada para permitir um conhecimento maior dos problemas de saúde a ser enfrentado na sua área de abrangência, favorecendo as ações de vigilância epidemiológica, sanitária, controle de vetores, educação à saúde, além da assistência ambulatorial e hospitalar nos diferentes níveis de complexidade.
* Resolubilidade - É a capacidade do serviço de enfrentar eresolver o (s) problema (s) de saúde utilizando plenamente sua capacidade instalada até o limite de sua competência.
* Descentralização - É compreendida como a redistribuição de responsabilidades em toda a rede de serviços, em todas as esferas de governo ( municipal, estadual e federal), buscando um maior compromisso dos mesmos na solução dos problemas de saúde da população de suaresponsabilidade e ainda garantindo a participação da população nestas decisões.
* Participação dos cidadãos - É a garantia constitucional de que a população, através de suas entidades representativas e de classe, participará do processo de formulação das políticas de saúde e do controle da execução destas em todos os níveis de governo, desde o federal até o local. Esta participação deverá se dar através...
tracking img