Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (510 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PERSPECTIVAS TEÓRICAS (A ETERNA BUSCA DA REALIDADE)

MARCOS A. BARRETO

No fragmento da obra: “PSICOLOGIA JURÍDICA/Jose Osmir Fiorelli e Cathya Ragazzoni Mangini – 3. ed. – São Paulo: Atlas,2011. É abordo o aspecto histórico e conceitual de psicologia como ciência que se inicia com o despontar do século XX para avançar até os dias atuais. Segundo Sigmund Freud, o inconsciente não é osubconsciente. Este é aquele grau da consciência como consciência passiva e consciência vivida não-reflexiva, podendo tomar-se plenamente consciente. O inconsciente, ao contrário, jamais será conscientediretamente, podendo ser captado apenas indiretamente e por meio de técnicas especiais de interpretação desenvolvidas pela psicanálise.
Assim, os chamados Atos sintomáticos são para Freud evidência daforça e individualismo do inconsciente. Para explicar o comportamento Freud desenvolve a teoria da motivação sexual (sobrevivência da espécie) e do instinto de conservação (sobrevivência individual).Mas todas as suas colocações giram em torno do sexo. A força que orienta o comportamento estaria no inconsciente e seria o instinto sexual. Freud contribuiu com a teoria das fases do desenvolvimento doindivíduo. Este passa por sucessivos tipos de caráter: oral, anal e genital. Pode sofrer regressão de um dos dois últimos a um ou outro dos dois anteriores, como pode sofrer fixação em qualquer dasfases precoces.  Essas fases se desenvolverão entre os primeiros meses de vida e os 5 ou 6 anos de idade, e estão ligadas ao desenvolvimento do Id.
No entanto, para Jung as pessoas têm diferentescaracterísticas comportamentais, habilidades, aptidões, atitudes e motivações que vão caracterizar os TIPOS PSICOLÓGICOS. O modo preferencial de uma pessoa reagir ao mundo deve-se dentre outras, aherança genética, as influências familiares e as experiências que o indivíduo teve ao longo de sua vida. Jung distinguiu duas formas de atitudes: a pessoa que prefere focar a sua atenção...
tracking img