Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (379 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PIMENTA-ANGELA. O problema virou negócio: pesquisa quantitativa e qualitativa. Revista exame-29/08/2007.
Credenciais do autor
Ângela Pimenta Peres, formada em engenharia agrônoma,trabalha atualmente no Ministério da agricultura, pecuária e abastecimento.
Resumo
O mercado de estudo do impacto ambiental vem crescendo a cada dia por influência da pressão e exigências dalei. O presente artigo tem como principal objetivo mostrar que o problema de impactos ambientais se tornou um grande negócio, por isso no Brasil está sendo fundadas muitas empresas de consultoriaambiental pensando em investimentos de milhões que as empresas aplicam em projetos e estudos de impactos ambientais como o EIA- Rima que é um relatório de impacto ambiental para aprovação do projeto que podedemorar meses ou até anos para que seja aprovado e saia do papel, no entanto além desses investimentos, os custos com gestão ambiental no inicio das obras para reduzir os efeitos negativos podem serainda maiores que os gastos com estudos de impacto ambiental.
A lei determina que o Ibama seja responsável por licenciar os projetos que abrange mais de dois estados , e que estejamsituados em terras e rios federais ou fronteiras, até os postos de gasolina precisam adquirir licenças ambientais estaduais tudo isso com o objetivo de diminuir os impactos ambientais causados pelas obrascomo no exemplo citado da usina de Itaipu que acabou desalojando pessoas e animais silvestres.





Conclusão do autor
Para a autora o grande interesse das empresas em realizar bonsprojetos estaria em obter a tal sonhado licença ambiental com um EIA - Rima de qualidade que convença as autoridades que não haverá interferências ambientais que é o fator principal para que seusprojetos se tornem realidade e obtenham o sucesso esperado.
“Se não for sustentável, será um mau negócio e não irá adiante”....
tracking img