Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ARISTÓTELES
Vida e obras
Ligadas à doutrina da Justiça, criada por Aristóteles, devemos destacar uma trilogia de obras, não pertencentes a um mesmo período, composta pela“Magna Moralia”, conhecida como a “Grande Ética”, pela “Éthica Eudemia”, chamada de “Ética a Eudemo”, e pela “Éthica Nicomachea” famosa com o titulo “Ética a Nicômaco”.1. O TEMA DA JUSTIÇA E A ÉTICA
2.1 Para Aristóteles a justiça, definida como virtude (dikaiosýne), é o foco das atenções da ciência prática, intitulada ética.
1.2A investigação do justo é uma primeira premissa para a ação conforme a justiça.
1.3 A política compete traçar as normas suficientes e adequadas para orientar a atividade dapolis, e dos sujeitos que a compõe, para a realização palpável do Bem Comum.

1.1 INFLUÊNCIAS E INFLUENCIADOS
1.2 ÉTICA A NICÔMACO
1.3 TRIPARTIÇÃO DASCIÊNCIAS
2. JUSTIÇA COMO VIRTUDE
A justiça, em meio às demais virtudes, que se opõe a dois extremos.
2.1 CONHECIMENTO DO QUE SEJA JUSTO OU INJUSTO
2.2 O CAMINHO PARAFELICIDADE DA PÓLIS
3.3 O JUSTO TOTAL
* Aquele que contraria as leis contraria a todos que são por elas protegidos e beneficiados.
* Nesta acepção justiça e legalidade sãouma e a mesma coisa.
* Virtude total é apenas uma disposição de espírito.
* Justiça total envolve também, e sobretudo, os importes relacionais para com o outro.Consiste na virtude de observância da Lei, no respeito àquilo que é legítimo e que vige para o bem da comunidade.
4. ACEPÇÕES DO JUSTO E DO INJUSTO: O JUSTO TOTAL EPARTICULAR
A justiça particular refere-se ao outro singularmente no relacionamento direto entre as partes. O justo particular admite divisões: de um lado, o justo distributivo.
tracking img