Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (354 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Santa Cruz- UESC
Data: 21/07/2011
Disciplina: Língua Portuguesa
Aluna: Jessica Miranda Costa

Resenha

PASTORE, José. A lógica da esmola. O Jornal da Tarde.São Paulo, 30 jul. 1997.
José Pastore é Doutor Honoris Causa em Ciência e Ph. D. em sociologia pela University of Wisconsin (EUA). É professor titular da Faculdade de Economia e Administração daFundação Instituto de Pesquisas Econômicas e consultor em relações do trabalho e recursos humanos.
Em seu artigo, A lógica da esmola, PASTORE analisa a teoria de Gary Becker com relação amendicância.
Para Becker o objetivo de todo pedinte é conseguir contribuições voluntárias de pessoas que nem sempre estão dispostas a contribuir, para isso ele utiliza-se das mais variadasestratégias possíveis no que diz respeito à aparência e linguagem, usando roupas, posturas, gestos palavras e situações em que o possível doador se sinta sensibilizado a ajudar, que brote em seu peito umsentimento de culpa. Segundo ele é o desconforto do doador e os apelos do pedinte que levam o indivíduo a conceder a esmola.
PASTORE no entanto, não comunga do mesmo pensamento, para eleessa teoria só seria aplicada a uma boa parcela dos americanos e possivelmente a elite e classe média alta do Brasil, o restante da população brasileira é diferente. Segundo ele, e eu particularmenteconcordo, os grandes atos de solidariedade são mais freqüentes entre os pobres do que entre os ricos. Isso se torna claro a medida em que vemos moradores de cortiços, favelas, e acrescento zona ruraltambém, ajudando aqueles que assim como eles também necessitam, pode ser em pequenas coisas como comida, agasalhos, cobertores, mas contribuem.
Participo do mesmo pensamento que o autor, osque menos têm são os que mais ajudam, acredito que isso não aconteça por sentimento de culpa ou para se livrar do necessitado, e sim por uma questão de gentileza, digo até, amor ao próximo....
tracking img