Resenha livro: vergara, sylvia constant – relatórios de pesquisa em administração / sylvia constant vergara. – 8. ed. – são paulo: atlas, 2007

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 10 (2398 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 16 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA LIVRO:
Vergara, Sylvia Constant – Relatórios de pesquisa em administração / Sylvia Constant Vergara. – 8. Ed. – São Paulo: Atlas, 2007.
____________________________________________________________

_______________
Segundo a autora, a Ciência é uma das formas de aceder ao conhecimento através da pesquisa e cabe ressaltar que a “neutralidade científica” não é possível de ser praticadadevido a interação do homem com seu objeto de pesquisa, ou seja, o fenômeno, para o qual busca explicações. Este deve ser discutível, passível de refutação, ter coerência e obedecer a certa lógica, pois trata-se de buscar a verdade, através de um estudo profundo que necessita de rigor metodológico, objetivando um distanciamento possível da interferência da subjetividade do pesquisador.
O métodocientífico é uma forma, a lógica do pensamento e há três grandes métodos: hipotético-dedutivo; o fenomenológico e o dialético. Há ainda outros métodos intitulados “de varejo” que não cabe detalhar neste momento.
A formalização da pesquisa tem duas fazes a saber: a antecedente que se revela no projeto de pesquisa e a consolidadora que se dá no relatório. O projeto é o orientador da pesquisa, acarta de intenção e deve definir com clareza o problema motivador de investigação, o referencial teórico que suportará a metodologia empregada, o cronograma da pesquisa e a bibliografia. Elementos estes que farão parte do relatório e sua escrita devem seguir a normatização da ABNT
O modelo para elaboração do projeto vai depender da natureza do problema, do método pelo qual se desenvolverá otrabalho, o tipo da pesquisa, da visão de mundo do pesquisador, entre outros fatores. Não existe modelo único, mas a autora propõe passos norteadores que são: Folha de rosto; índice que é diferente de sumário; especificação do problema; referencial teórico; metodologia; cronograma; bibliografia; anexos e apêndices.
Na especificação do problema é quando se faz um marketing do projeto com a finalidade deaguçar e prender a atenção do leitor. Deve ser curta, proporcional ao número de páginas do projeto, sendo adequado termina-lo com uma pergunta, pois problema é questão não resolvida para a qual se busca resposta via pesquisa. Do tema deriva um ou mais problemas a serem investigados e, portanto tem caráter mais geral e não devem ser confundidos entre si. Já o objetivo final dá resposta ao problemae o intermediário, que pode ser substituído pelas questões, funcionam como roteiro da pesquisa, representa a meta, ou seja, o objetivo final e devem ser redigidos com verbo no infinitivo. É indispensável, no entanto, fazer a correlação das questões com os modos pelos quais você conseguirá responde-las.
Do problema ao Referencial Teórico, temos o estabelecimento de Hipóteses ou suposições, que vema ser a antecipação da resposta ao problema, que se construídos sob forma de pergunta, a hipótese será feita sob afirmação. Estão associadas mais ao positivismo, implica em testagem de relações via procedimentos estatísticos. Suposições relacionam-se a pesquisas qualitativas, não implicam testagem, apenas sim ou não via mecanismo não estatístico.
A delimitação do estudo referir-se-á a molduraque o autor coloca em seu estudo, ao que se pretende estudar e a relevância do estudo é a resposta, ou seja, a justificativa de seu estudo, apontando-lhe contribuições de ordem prática. Para melhor referenciar o leitor sobre o significado dos termos, torna-se necessário incluir uma lista de termos-chaves do estudo.
Passando ao referencial teórico, este tem como objetivo apresentar como outrosautores estudaram o tema ou problema objeto da pesquisa, utilizando para isto revisão de literaturas junto ao acervo de teorias e suas críticas, como também trabalhos tidos como referência. Objetiva também: Clareza na formulação do problema; facilidade na formulação de hipótese; adequação metodológica para solução de problema; identificação pertinente a coleta de dados e tratamento do problema,...
tracking img