Resenha do texto ideias para uma historia universal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2764 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha: Kant, Imanuel, Filosofia da historia, são Paulo: Icone, 2012.

Qualquer que seja o conceito de liberdade da vontade que se possa desenvolver no contexto da metafísica, as aparências da vontade, as ações humanas são determinadas, como qualquer outro evento natural em conformidade com as leis naturais universais. A história que se oculpa em dar conta de uma narrativa dessas aparências,permite-nos ter esperança em que, por mais profundamente ocultas que sejam suas causas, se considerarmos o livre exercício da vontade humana em geral podemos finalmente discernir uma progressão regular em suas aparições.
Os seres humanos individuais e até mesmo os povos dão pouca atenção ao fato de que eles ao perseguirem seus próprios fins, cada um a sua maneira e, muitas vezes, em oposição aosoutros, sem querer, como que guiados trabalham para promover a intenção da natureza, que é desconhecida para eles, e que mesmo se fosse conhecida eles dificilmente se preocupariam com ela.
A única opção para o filosofo aqui, já que ele não pode pressupor que os seres humanos exerçam qualquer finalidade racional própria em seus esforços, é que ele tente descobrir uma finalidade da natureza por trásdeste curso absurdo da atividade humana, uma finalidade com base em que a historia poderia ser recebida de seres que continuam sem um plano próprio, mas, não obstante, de acordo com um plano definido pela natureza.
Primeira Proposição
* Todas as Predisposições naturais de uma criatura estão destinadas a desenvolver-se por fim, de maneira plena e adequada de acordo com seu pressuposto.
Essaproposição é apoiada tanto pela observação externa quanto pela observação interna ou dissecção. Um órgão que não há de ser utilizado, ou um acordo que não atinge o seu objetivo, é uma contradição na teoria teleológica da natureza.
* Todas as criaturas existentes devem seguir uma ordem natural logica, tanto os irracionais quanto o homem(racional).
Segunda Proposição
* No ser humano (comoúnica criatura racional sobre a terra), as predisposições naturais que visam ao uso de sua razão estão para ser desenvolvidas, na integra, somente na espécie e não no individuo.
A razão é a capacidade de uma criatura alargar as regras e intenções da utilização de todos os seus poderes para alem dos instintos naturais.
A própria razão não funciona de acordo com o instinto, mas exige experimentação,pratica e instrução, a fim de avançar gradualmente de uma fase de introspecção para a próxima.
Ora se a natureza limitou o tempo de vida (como de fato aconteceu), talvez ela requeira um numero incalculável de gerações, das quais cada uma passa sua iluminação para a próxima, a fim de, em certo momento, levar as sementes em nossa espécie ao estagio de desenvolvimento que corresponde plenamente aopropósito da natureza.
* O desenvolvimento final do ser humano não pode ser obtido por um individuo único e sim será uma construção gradativa de diversos seres humanos, o desenvolvimento final será somente alcançado pela reunião de experiências de toda humanidade.

Terceira Proposição

* A natureza quis que os seres humanos produzissem por si mesmos tudo o que ultrapassasse aorganização mecânica de sua existência animal, e que não participassem de qualquer felicidade ou perfeição diferente da que eles alcançam livre do instinto e por meio de sua própria razão.

Isso porque a natureza ao faz nada de supérfluo e não é dispendiosa no uso dos seus meios para atingir seus fins. O simples fato de que deu ao ser humano a faculdade da razão e da liberdade da vontade com base nestafaculdade é uma clara indicação de sua intenção em relação aos seus dotes. Ele não foram destinados a serem conduzidos pelo instinto, nem a ser suprimidos e instruídos com conhecimento inato, pois eles estavam destinados a produzir tudo sozinhos.
É como se a natureza estivesse mais preocupada com sua autoestima racional.
Parece no entanto, que a natureza não estava de todo interessada em que os...
tracking img