Resenha do livro - linguagem e persuasão

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (535 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha

CITELLI, Adilson. Linguagem e Persuasão. São Paulo, Ática 2002



Ciência da Computação



“Mas devemos defender-nos de toda palavra, toda linguagem que nos desfigure o mundo,que nos separe das criaturas humanas, que nos afaste das raízes da vida”. Ou seja, significa que convivemos diariamente com termos persuasivos e muitas vezes não notamos sua presença. É a partir destarelação persuasão-discurso que o livro “Linguagem e persuasão” tem seu conteúdo abordado.

Com a 15ª edição publicada em 2002, esse livro tem o objetivo de levantar algumas questões sugeridaspelo discurso persuasivo. Contendo 7 capítulos que nos ajudam a compreender as técnicas de discurso e também contam um pouco da historia da persuasão.

O primeiro capítulo, com o titulo de“Informação sem Persuasão?” nos traz um exemplo da revista Newsweek, que tem com slogan da revista, ”aquela que não persuade”. O livro nos faz refletir sobre o assunto e percebemos a presença de uma persuasãooculta, utilizada pela revista. Ele também da existência de graus de persuasão.

O segundo capitulo, “A tradição retórica”, esse capitulo esta dividido em 8 subtítulos que nos contam um pouco dahistoria da persuasão que teve sua origem na Grécia Antiga. A definição de persuasão dada pelo autor é que persuadir é sinônimo de submeter, isto é, quem persuade leva o outro à aceitação da sua“verdade”. São citados alguns raciocínios com gradações persuasivas (raciocínios apodítico, dialético e retórico) e figuras de retórica usadas para prender a atenção do receptor (metáfora e metonímia).

Oquarto terceiro, titulado de ”A natureza do signo linguístico” esta dividido em 5 partes. No inicio, o autor fala sobre a importância dos signos lingüísticos para produzir textos, frases e períodos.Relata que todos os signos tem dupla face: o significante e o significado. É apresentado que ideologia e signo estão relacionados intensamente, “sem signos, não existe ideologia”, ou seja, a...
tracking img