Resenha do capitulo uma visita do senhor inspetor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1152 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EM BUSCA DA HISTÓRIA DE UM COLÉGIO.


CUNHA, Maria T. S. Uma visita do senhor inspetor: cultura cívica em relatórios escolares. In: MIGNOT, Ana C. V. & CUNHA, Maria T. S. Práticas de memória docente: Serie Cultura, Memória e Currículo. 1 ed. São Paulo, SP: Cortez, 2003. V. 3, Cap. 3, p. 51-62.


O colégio Coração de Jesus em Florianópolis, SC, foi fundado em 1898, a pedido domonsenhor Francisco Xavier Topp que era padre no sul de SC, numa tentativa de evangelizar os imigrantes, por freiras alemãs da Congregação Divina Providência, que possuía uma grande experiência na educação de jovens e meninas, CUNHA, professora doutora do programa de pós-graduação em história da Universidade do estado de Santa Catarina, busca resgatar as memórias deste colégio católico que era referênciana educação de meninas da elite no estado. Com base nas pesquisas CUNHA, fala sobre sua experiência no livro Práticas e memória docente, cap 3. O texto não é um texto direto e dotado de subtítulos e possui algumas citações à direita nas páginas, do qual são trechos de alguns dos materiais utilizados como meio de pesquisa pela autora.
A autora nota que ainda hoje o colégio mantém a mesmaestrutura física e que preserva em um dos armários um livro com o nome: Termo de Visitas do Senhor Inspetor Escolar – 1953/1968. Esse livro então se torna muito importante para ela nessa busca da história deste colégio, pois nele há relatos dos inspetores que passaram pelo colégio.
Naquela época os inspetores eram figuras muito importantes para a educação, eles eram tratados como agentes deconfiança do governo e tinham como missão avaliar as escolas do qual posteriormente escreviam relatórios com elogios ou criticas. Com base nesses relatórios a autora escolhe dentre eles dois com data de 1953, que mais lhe chama atenção para usar de fonte de pesquisa. Entre as fontes de pesquisa que ela usa em seu texto estão também uma revista com o nome: Pétalas, um relato de uma ex-professora docolégio, alguns jornais da época e o regulamento interno do colégio.
O que a autora relata é a tentativa de inserir uma cultura cívica as mulheres da elite de SC, dentre essas mulheres estavam às filhas de comerciantes, políticos e também moças descendentes de alemães da cidade e das cidades vizinhas. O colégio funcionava em formato de internato o que na época tinha se tornado um ideal deeducação, dentro do colégio as meninas aprendiam desde prendas domésticas a atividades literárias e demonstração pública de civismo. Essas atividades cívicas do colégio eram feitas nas comemorações oficiais e religiosas da cidade, do qual as alunas participavam uniformizadas e tinha uma influência germânica muito forte. Faziam parte dessa cultura cívica do colégio: homenagens a semana à bandeira, desfilescívicos de 7 de setembro, 1º de maio, apresentações de ginástica em feriados nacionais dentre outras. A autora consegue notar a quantidade de prática cívica através da revista Pétalas, do qual em todos os meses do ano havia registro de alguma dessas práticas. Dentro das atividades cívicas haviam homenagens aos inspetores , padres, festa comemorativa ao descobrimento do Brasil, e até mesmo aoAlmirante Tamandaré, no 5º Distrito Naval. A preparação para os eventos cívicos e as vezes cívicos-religiosos eram intensivas e as meninas passavam por ensaios rigorosos para que tudo saísse perfeito. Nesses eventos as estudantes tinham que possuir uma postura física impecável para reverência aos símbolos da pátria e um domínio dos hinos corretamente. Acreditavam que assim interiorizavam os valores danação. A autora faz uma citação de CAMPOS, Cynthia, na página 58 no canto esquerdo, inferior, ela demonstra uma rigidez no patriotismo o que chegou a levar o governo Nereu Ramos (1935-1945) a proibir o uso de línguas estrangeiras nos estabelecimentos escolares, que também eram fiscalizados pelos inspetores.
O colégio era sempre bem visto pelos inspetores, do qual eles relatavam em...
tracking img