Resenha de comunicação empresarial

O pensamento sistêmico na Comunicação Organizacional
CHAGAS, Daiana Weber
As organizações são sistemas de comunicação autopoieticos, emergentes, autônomos, interdependentes econstituídos de sentidos. A teoria geral dos sistemas dedica-se a explicar a complexidade do mundo. Neste paradigma a comunicação organizacional é vista como processo de construção e disputa desentidos no âmbito das relações organizacionais. As organizações são estruturadas como sistemas auto- organizados e a comunicação como seu principal processo dinamizador. A sociedade inerente aossistemas organizacionais não se resume a uma maneira especifica de ação, mas ação seria construída por meio de comunicação e redução de complexidade.
A Teoria Geral dos Sistemas, explicaque um sistema pode ser definido como um conjunto de objetos ou entidades que se inter-relacionam mutuamente para formar um todo único. Uma das distinções mais comuns é a que se estabelece entresistemas fechados e abertos. As abordagens sistêmicas são recentes no campo das ciências sociais. Na teoria sistêmica, toda sociedade é um sistema constante e estável de elementos; toda sociedade é umsistema equilibrado de elementos; cada elemento de uma sociedade contribui para o funcionamento desta; cada sociedade se mantém graças ao consenso de todos os seus membros sobre determinadosvalores comuns.
A comunicação, pela perspectiva sistêmica, é vista como um sistema aberto. As relações públicas é vista como a administração dessa própria comunicação entre empresas einstituições e seus diversos públicos. Em oposição a essa teoria, Dahredorf elabora a teoria do conflito: onde toda sociedade e cada um de seus membros estão submetidos a todo momento à mudança, todasociedade é um sistema de elementos contraditórios em si e explosivos; cada elemento dentro da sociedade contribui para sua mudança; se mantém graças à coação que alguns de seus membros exercem...
tracking img