Resenha critica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1619 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE CRÍTICA SOBRE OS TEXTOS: AS CONDIÇÕES FACILITADORAS BÁSICAS COMO PRINCÍPIOS DE MÉTODO FENOMENOLÓGICO EXISTENCIAL: III. GENUINIDADE ; AS CONDIÇÕES FACILITADORAS BÁSICAS COMO PRINCÍPIOS DE MÉTODO FENOMENOLÓGICO-EXISTENCIAL: I. CONSIDERAÇÃO POSITIVA INCONDICIONAL; AS CONDIÇÕES FACILITADORAS BÁSICAS COMO PRINCÍPIOS DE MÉTODO FENOMENOLÓGICO-EXISTENCIAL: II. A RELAÇÃO EMPÁTICA. EMPATIA EDIALOGICIDADE; ABORDAGEM CENTRADA NA PESSOA.

A abordagem centrada na pessoa, iniciada por Carls Rogers é uma abordagem psicológica criada a partir de suas experiências pessoais e profissionais, que pode ser favoravelmente adotada nos dias de hoje como um método de ajuda, principalmente por este ser um método diferenciado, onde não há técnicas especificas para serem seguidas. Assim, há uma melhorrelação entre psicólogo e terapeuta.
Acredita-se que esta abordagem, apesar de parecer dispersa e desregrada por não seguir uma técnica especifica, é uma das melhores maneiras de se ajudar alguém, pois permite estreitar e trazer maior confiança por parte do cliente com o psicólogo, por se mostrar sempre disposto a acreditar na pessoa e em sua possibilidade de pensar, sentir, buscar e direcionar suaprópria necessidade de mudança.
Considera-se este método como um dos melhores quando se trata de ajudar uma pessoa a encontrar a si mesma, pois busca tentar sempre facilitar a ela condições ideais para isso.
Rogers acertou quando percebeu em suas experiências algumas condições básicas dessa terapia, como a empatia, a congruência e a aceitação, todas essas favorecendo o cliente a se sentirbem e mais a vontade para exprimir o que sente e tentar conhecer-se.
A empatia favorece a ideia do cliente se sentir bem e verdadeiramente disponível a manifestar suas aflições, dessa forma, o psicólogo deve se colocar sempre no lugar do cliente, buscando entender seus motivos, seus medos e sentimentos, resultando, consequentemente, mais em condições de não julgar ou direcionar a relação de ajuda.Se tratando da congruência, Rogers enfatiza a autenticidade por parte do terapeuta quanto aos seus sentimentos em relação à pessoa que está sendo ajudada, dizendo sempre o que deve ser dito, com cuidado, carinho, respeito, mais principalmente com autenticidade. E, em relação à aceitação, visa justamente em aceitar o outro sempre de maneira positiva, sempre disposta a entender o outro, onde, a suamaneira, está no fundo procurando se sentir bem e se encontrar (o cliente).
É importante ressaltar que em relação à empatia, há algumas discussões entre alguns estudiosos, que não observa que, quando se concebe a ideia de empatia, a dimensão da dinâmica de interação e de recriação de diferenças entre os parceiros, inerente ao processo da relação empática. Costuma-se então criticá-la, tendo-se emmente o esforço, a disposição, o gesto do terapeuta, no sentido de uma compreensão do como o cliente se percebe ou se sente no momento, como percebe o mundo que lhe diz respeito e as suas relações, da forma mais acurada possível. No entanto, a definição de esforço nesse sentido, são componentes fundamentais de certo modo do que se pode entender como empatia. Entretanto alguns ainda persistem naideia ultrapassada e grosseira de compreendê-la como passível de gerar mal-entendidos que comprometem basicamente o que se quer ter por empatia.
Absurdamente comparam a empatia a certa concepção objetivista do ‘outro’, ao que, na realidade é o oposto, essa empatia do terapeuta manifestada ao cliente é apenas um esforço cognitivo, inorgânica e artificialmente articulada à afetividade do terapeuta.Pode-se afirmar que este é sim um método propício, pois, permite ao psicólogo agir de forma diversificada, encarando a pessoa que pede ajuda e a relação terapeuta/cliente com o foco numa abordagem não diretiva; como também devido à importância e atenção exclusiva que se dá ao cliente, proporcionando acolhê-lo em um ambiente onde ele sinta-se verdadeiramente aceito, livre de ameaças, e onde ele...
tracking img