Resenha capitalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1486 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TOMAZI, Nelso Dació . O Trabalho nas diferentes sociedades. Inicialização á sociologia. São Paulo Editora atual 2003.

O capitalismo surgiu do declínio da sociedade feudal, os camponeses foram para as pequenas cidades que eram chamadas de burgos, e que foram crescendo e acumulando riquezas, isto é capital.
O capitalismo se constituiu na Europa Ocidental, a Inglaterra é um dos primeirosexemplos de sociedade capitalista, porque foi um dos primeiros países que as relações capitalistas se desenvolveram plenamente.
A sociedade capitalista é baseada na propriedade privada dos meios de produção, isso significa que são exclusivos das classes dominantes, dos capitalistas.
O capitalismo é visto como um instrumento para gerar lucros, o trabalho se transforma em força de trabalho ,quando setorna uma mercadoria que pode ser comprada e vendida , ou seja, precisamos vender nossa mão-de-obra.
A conjugação de todos esses fatores é conhecida como acumulação primitiva do capital, que nada mais é do que o dinheiro acumulado por aqueles camponeses comerciantes que foram para os burgos e com seu comercio acumularam capital e aplicaram seu capital no financiamento e produção de mercadorias emoutra escala de produção e com outra finalidade: exclusivamente para vender no mercado e nisso pouco a pouco o trabalhador vai perdendo tudo o que tem para ficar somente com sua força de trabalho.
As primeiras fabricas que esses comerciantes aplicaram seu capital foi no financiamento e produção de mercadorias, coordenando os artesãos isso acontecia de duas maneiras: Ou reunião os artesãos de umdeterminado oficio em um mesmo local, ou eles podiam trabalhar em outros locais, inclusive nas suas casas, mas quem decidia o que produzir e quanto produzir era o dono do capital, ou seja, quem estivesse financiando a produção.
A cooperação simples é o processo em que os trabalhadores ainda mantem a hierarquia na produção artesanal. Nesse sistema o artesão ainda desenvolve, ele próprio todo oprocesso de produção, do começo ao acabamento final, a diferença que agora ele esta a serviço de quem lhe financia, o dono, e ele que ainda define o local e quantas horas o artesãos deveram trabalhar. A partir desse tipo de articulação de força de trabalho abriu caminho para novas formas de produção que começaram a se definir como trabalho coletivo.
As manufaturas ou cooperação avançada é a segundaforma de organizar a força de trabalho, na manufatura o trabalho artesanal continua sendo a base, só que reorganizado, definindo assim uma nova divisão do trabalho, a divisão de tarefas, as tarefas são dividas cada um faz uma parte. A manufatura é o segundo passo para que surja o trabalhador coletivo , ou seja, o artesão trabalha para alguém que coordena suas tarefas.
Segundo Saviani (2003) “Ohomem para continuar existindo, precisa estar produzindo sua própria existência através do trabalho”, ou seja, isso faz com que a vida do homem seja determinada pelo modo como ele produz sua existência, essa afirmação do Saviani é um reflexo marxista, que diz que o ser humano necessita construir sua existência material pelo trabalho. De acordo com essa concepção o homem existe pelo e para otrabalho.
Houve muitas mudanças na concepção de trabalho na sociedade, há diferentes maneiras de se pensar a respeito do ato de trabalhar.
Para os gregos o trabalho manual era desprezível, que só os escravos deferiam fazer, no período feudal a igreja considerava o trabalho como um pecado, o trabalho manual era visto como uma tortura, mas devido às mudanças nas relações que aconteciam nas relaçõessociais fizeram com que o trabalho começasse a se ser visto como criador de toda a riqueza.
Com a reforma Protestante mudou-se o pensamento dos cristãos que viam o trabalho como o fundamento de toda a vida, como caminho para a salvação, a profissão era vista como vocação, e a preguiça, como algo ruim, diferente do catolicismo. Houve muitas concepções que se propagaram pela sociedade.
O trabalho e o...
tracking img