Resenha antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Goiás
Faculdade De Ciências Sociais
Bacharelado Em Ciências Sociais Com Habilitação Em Políticas Publicas
Disciplina: Antropologia I
Professora: Janine Collaço
Aluna: Euzélia Marta Ribeiro Azevedo
Resenha referente a Unidade II: Cultura, Relativismo e Diversidade Cultural

No contexto da Antropologia, é um desafio definir cultura e ficar imparcial quanto asdiversidade que essa nos remete. Quanto ao comportamento cultural do homem, é impossível explicar as variações e as diferenças em seus comportamentos, definido apenas a variação do tempo e do espaço geográfico. Sendo o homem, um ser capaz de adaptar-se ao ambiente e ate mesmo modificá-lo, fica impossível provar diferenças culturais considerando apenas esses quesitos.
As diferenças existentesentre os homens, portanto, não podem ser explicadas em termos das limitações que lhes são impostas pelo seu aparato biológico ou pelo seu meio ambiente. A grande qualidade da espécie humana foi a de romper com suas próprias limitações: um animal frágil, provido de insignificante força física, dominou toda a natureza e se transformou no mais temível dos predadores. Sem asas, dominou os ares; semguelras ou membranas próprias, conquistou os mares. Tudo isto porque difere dos outros animais por ser o único que possui cultura. Mas o que é cultura? (LARAIA,1932, p.14).
Portanto, cultura é ação e tradição humana, mutáveis, isto é, que sofre transformação pela mão do homem. A transmissão do legado cultural da humanidade às gerações mais novas, é que constitui o presente, e permiti a diversidadecultural. Apesar da dificuldade que os antropólogos enfrentam para definir a cultura, não se discute a sua realidade. A cultura se desenvolveu a partir da possibilidade da comunicação oral e a capacidade de fabricação de instrumentos, capazes de tornar mais eficiente o seu aparato biológico. Isto significa afirmar que tudo o que o homem faz, aprendeu com os seus semelhantes e que não decorre deimposições originadas fora da cultura.
Denys Cuche ( cap. 1), relatou o seu primeiro conceito da palavra Cultura (do latim “cultura”), que remonta ao século XIII e que era referente ao cultivo da terra e também dos animais. Com o advento do Iluminismo, revolução burguesa do século XVIII, na França – que valorizava a razão e incentivava a alimentação do espírito do homem como único fatorresponsável pelo progresso – o termo passa a adquirir um sentido figurado, sendo utilizado para significar também o cultivo das faculdades mentais. Do século XIII até o XVIII, constata-se que a palavra “cultura”, já antiga no vocabulário francês, mudou o seu sentido apenas metaforicamente, isto é, ganhou sentidos equivalentes. Se antes ela servia para indicar “uma parcela de terra cultivada”, apenas passoua designar a ação de cultivar a terra. É apenas no século XVIII que o termo “cultura” é imposto no sentido figurado e ganha progressivamente o sentido de estado – “estado do espírito cultivado pela instrução, estado do indivíduo que tem cultura”. Este uso semântico da palavra, segundo Cuche, é fundamental para os pensadores iluministas, que entendem “cultura” de forma singular, universal eevolutiva. Para eles a cultura se dá através dos conhecimentos acumulados e passados pela humanidade, pensada como um todo. Aproxima-se dessa forma do conceito de civilização, tido como um “processo que arranca a humanidade da ignorância”, revelando a concepção universalista que difere os povos dentro de um estágio evolutivo. Ainda que a ideia de cultura esteja muito relacionada à ideia de civilização,os pensamentos que colocam o homem no centro do universo apontam à queda de um pensamento teológico herdado da Europa feudal, onde deus estava acima de tudo, caminhando assim para uma “ciência do homem”. Esse processo é exemplificado por Cuche com a criação do termo etnologia, por Alexandre de Chavannes em 1787, que “estuda a história dos progressos dos povos em direção à civilização”.
Levi...
tracking img