Resenha alexandria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVILLE – CAMPUS SÃO BENTO DO SUL
FILOSOFIA
PROF. Msc. EDUARDO SILVA
ALUNA: CYNTIA H. DE ALBUQUERQUE

Resenha do filme ALEXANDRIA

O filme Alexandria nos mostra a realidade de uma época dedescobrimentos científicos aliada a uma nova era da religião, que começava com o surgimento do Cristianismo. O filme trata da vida de Hypátia, uma filósofa e professora, que ministrava aulas na famosabiblioteca de Alexandria, entre os anos de 355 e 415 dc. A única figura feminina do filme tinha como alunos e personagens mais importantes, Orestes, que era apaixonado por ela, sem ser correspondido eSinésio, que era cristão e posteriormente se tornou Bispo. Outra figura importante era o escravo de Hypátia, Davus que também a amava, porém em segredo. Ela ensinava matemática, filosofia e astronomiaalém de dar atenção especial ao movimento da terra em torno do sol, que era a principal questão a ser resolvida, sendo este o eixo principal de seus estudos.
Nessa época o cristianismo surgia comoreligião e os enfrentamentos com os judeus e a cultura pagã, não demoraram a aparecer. Alexandria vai aos poucos sucumbindo à força dos cristãos, que em número cada vez maior, acabam tomando a cidade eimpondo seus ritos e sua doutrina. Orestes e Hypátia fogem, enquanto Davus, que havia sido alforriado pela filósofa, fica e se torna cristão. Com o passar do tempo, Orestes se torna prefeito dacidade e se converte ao cristianismo, assim como muitos. Cirilo, o líder arrogante dos cristãos, aos poucos foi enfraquecendo o poder que Hypátia tinha sobre o prefeito e os membros da cidade. As teoriasde Hypátia e sua ciência punham em dúvida as escrituras sagradas e inquestionáveis do Cristianismo. E esse era o motor principal de um cientista, o questionamento. Hypátia tornava-se assim uma ameaçaà nova doutrina que surgia. Citando páginas das escrituras, onde a mulher era inferiorizada perante o homem, Cirilo acusa-a de ateísmo e bruxaria e incita a população a apedrejá-la. Orestes ainda...
tracking img