Relatorios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1167 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANEMIA APLÁSTICA OU APLÁSICA
1.Definição:
A anemia Aplástica é um tipo de doença auto- imune e idiopática, ou seja, sem causa definida onde a medula óssea deixa de produzir a quantidade adequada de sangue. Produz sintomas como palidez, marcas roxas na pele sem motivo aparente e longas hemorragias mesmo em pequenos cortes, sendo subdividida em anemia moderada ou severa (grave). A anemia plásticaquando não é devidamente tratada pode levar à morte devido a infecções em aproximadamente 10 meses.
Ocorre quando a medula óssea produz em quantidade insuficiente os três diferentes tipos de elementos figurados do sangue existentes: glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. O termo Anemia pode ser reservado apenas para a deficiência de glóbulos vermelhos, enquanto que a diminuição deleucócitos seria chamada de leucopenia e a diminuição de plaquetas de trombocitopenia. A diminuição das três linhagens celulares pode ser chamada de aplasia de medula.
2.Causas:
Uma das causas pode ser de ordem auto-imune; em determinadas situações não se determina a causa. Já em outras ao se questionar o paciente averigua-se o uso anterior de algumas drogas tais como cloranfenicol ( 1 em 40.000pacientes que usam esta medicação desenvolve anemia aplástica), carbamazepina, fenitoína, quinino, benzeno; A radiação também pode estar envolvida: acredita-se que Marie Curie tenha vindo a falecer em função disso; Pode-se ter ainda como gênese desta anemia, infecção por vírus, exemplo de 2% de pacientes com hepatite aguda viral podem cursar com aplasia de medula.
3. Sintomas da anemia Aplástica:Portadores desta patologia podem ter sangramentos pela trombocitopenia,sejam micro sangramentos na forma de hematomas na pele ou sangramentos profusos; anemia também pode acontecer e graves infecções, podendo chegar a quadro de septicemia.
Os sintomas da anemia aplástica são:
* Palidez na pele e nas mucosas;
* Vários casos de infecções ao ano;
* Marcas roxas na pele sem motivoaparente;
* Grandes hemorragias mesmo em pequenos cortes;
* Cansaço,
* Falta de ar;
* Taquicardia;
* Hemorragia na gengiva;
* Tontura;
* Dor de cabeça;
* Erupção na pele.

4.Etiologia:
A medula óssea tem necessidade de produzir continuamente novas células de todos os tipos para substituírem as velhas. Os glóbulos vermelhos vivem aproximadamente 120 dias, as plaquetascerca de 7 dias e a maioria dos glóbulos brancos dura um dia ou menos. A anemia aplástica acontece quando a medula é danificada afectando a sua capacidade de produzir novas células.
A etiologia da doença é muito diversa. Durante o século XX ficou claro que alguns casos de anemia aplástica e falência medular são secundários à exposição a tóxicos químicos, fármacos, radiação e agentes infecciosos.No entanto, a anemia aplastica ocorre geralmente sem causa aparente e é designada idiopática.
Em alguns casos, pode ser identificado um evento causador. Os casos mais conhecidos são de fármacos como o cloranfenicol mas também de outras fármacos, largamente utilizados, como a furosemida e o alopurinol

5.Diagnóstico:
Para identificar a anemia aplástica deve-se realizar um hemograma completo,incluindo contagem de reticulócitos;  mielograma e biópsia da medula óssea  devem vir logo em seguida sendo a hipoplasia(diminuição de células) da mesma e substituição por tecido gorduroso um achado importante para o diagnóstico. Raio-x dos ossos, dosagem da vitamina B12, teste da ferritina, sorologia para infecções virais, Tipagem deHLA ( tipagem de antígeno de histocompatibilidade) para avaliarpossíveis doadores. exames bioquímicos, estudo citogenético e coombs direto e indireto.
Estes exames podem excluir outras hipóteses de doenças e confirmar o diagnóstico da anemia aplástica.
6.Diagnóstico Diferencial:
* anemias aplásticas hereditárias, especialmente a anemia de Fanconi;
* malignidade;
* lúpus eritematoso sistêmico;
* septicemia;
* AIDS;
* malária.
*...
tracking img