Relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1167 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES ASSOCIADAS DE ENSINO-FAE

MOVIMENTO NO PLANO INCLINADO

Andersom A. Pittarelli /R.A: 18020-8
Francisco Henrique P. do Nascimento Luiz /R.A: 18067-9
Leonardo Gonçalves /R.A: 17401-1
Lucas Marini/ R.A: 18100-8
Romualdo Barbosa dos Santos /R.A 18152-9
Vinicius Andrade Ferreira/R.A: 18067-9

Engenharia Mecânica 1º Semestre
São João da boa Vista SP/20121-Introdução
O plano inclinado é uma das aplicações das Leis de Newton. Decompor um vetor significa substituí-lo por dois componentes em direções perpendiculares.
 O peso é vertical para baixo e a normal é perpendicular à superfície inclinada, o peso pode ser decomposto em duas componentes, uma perpendicular e outra paralela ao plano inclinado. A componente perpendicular equilibra a normal e acomponente paralela faz o corpo descer o plano inclinado com movimento acelerado.

Um plano inclinado é uma superfície inclinada em relação à horizontal, sobre as quais os objetos podem deslizar pela ação da força da gravidade como, por exemplo, escorregadores, ladeiras, etc.
A característica mais importante do plano inclinado é o ângulo de inclinação.

2-Objetivo
Construção de gráficosa partir das funções abaixo:
1 - ∆s versus ∆t

2 - ∆s versus ∆t²

3 - ∆s/∆t versus ∆t

4 - ∆s/∆t² versus ∆t

3-Materiais e métodos
3.1-Materiais:
- 1- cubo de madeira de 7 mm .
- plano inclinado com medidor de ângulo.
- Cronômetro.

3.2-Metodos:
1) Marcar no plano inclinado 90º, 60º, 45º e 30ºe verificar em cada ângulo o tempo de queda de acordo com atabela – 1:
Tabela-1: Posição em cada angula
Graus | 30º | 45º | 65º | 90º |
∆s(cm) | 10 | 10 | 10 | 10 |
∆s(cm) | 20 | 20 | 20 | 20 |
∆s(cm) | 30 | 30 | 30 | 30 |
∆s(cm) | 40 | 40 | 40 | 40 |

2) Após marcar cada tempo, Construir gráficos a partir das funções abaixo:
1 - ∆s versus ∆t

2 - ∆s versus ∆t²

3 - ∆s/∆t versus ∆t

4 - ∆s/∆t² versus ∆

3) - Verificar aexistência de constantes do movimento

4-Resultados e discussão

Marcando no plano inclinado de 90º obteve-se os seguistes tempo como mostra a tabela – 2 e o gráficos- 1 .
Tabela – 2: Tempo na inclinação em 90º
∆s(cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 17 | 25 | 31 | 38 |

Marcando no plano inclinado de 60º obteve-se os seguistes tempo como mostra a tabela – 3 e o gráfico – 2.
Tabela – 3:Tempo na inclinação em 60º
∆s(cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 19 | 30 | 40 | 47 |

Marcando no plano inclinado de 45º obteve-se os seguistes tempo como mostra a tabela – 4 e o gráfico – 3
Tabela – 4: Tempo na inclinação em 45º
∆s(cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 22 | 37 | 45 | 57 |

Marcando no plano inclinado de 30º obteve-se os seguistes tempo como mostra a tabela – 5gráfico – 4.

Tabela – 5: Tempo na inclinação em 30º
∆s(cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 45 | 60 | 78 | 95 |

Com a função ∆s versus ∆t² com inclinação de 90º obteve-se resultados conforme a tabela – 6 e o gráfico – 5
Tabela - 6: ∆s versus ∆t² em 90º
∆s (cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 17 | 25 | 31 | 38 |
∆t² (s) | 289 | 625 | 961 | 1444 |

Com a função ∆s versus ∆t² cominclinação de 60º obteve-se resultados conforme a tabela – 7 e o gráfico – 6
Tabela - 7: ∆s versus ∆t² em 90º
∆s (cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 19 | 30 | 40 | 47 |
∆t² (s) | 361 | 900 | 1600 | 2209 |

Com a função ∆s versus ∆t² com inclinação de 45º obteve-se resultados conforme a tabela – 8 e o gráfico – 7
Tabela - 8: ∆s versus ∆t² em 45º
∆s (cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 22 |37 | 45 | 57 |
∆t² (s) | 484 | 1379 | 2025 | 3249 |

Com a função ∆s versus ∆t² com inclinação de 30º obteve-se resultados conforme a tabela – 9 e o gráfico – 8
Tabela - 9: ∆s versus ∆t² em 30º
∆s (cm) | 10 | 20 | 30 | 40 |
∆t(s) | 45 | 60 | 78 | 95 |
∆t² (s) | 2025 | 3600 | 6084 | 11025 |

Com a função ∆s/∆t versus ∆t com inclinação de 30º obteve-se resultados conforme a tabela –...
tracking img