Relatorio(fisiologia)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1927 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO.............................................................................04

2. OBJETIVOS..................................................................................05

3. MATERIAL E MÉTODOS...............................................................06

4. RESULTADOS .............................................................................08

5. DISCUSSÃO..............................................................................12

6. CONCLUSÃO ...............................................................................14

7. REFERÊNCIAS.................................................................................15











1. INTRODUÇÃO
O presente relatório é uma síntese dos experimentos realizados no laboratóriode Fisiologia da FAESF, com o intuito de descrever e analisar os fatores que influenciam na junção neuromuscular esquelética
A contração muscular pode ser demonstrada pela indução de abalos musculares isolados que podem ser alcançados pela excitação elétrica do nervo responsável pelo músculo, ou efetuando pequeno estímulo elétrico através do próprio músculo, o qual proporciona a deflagração de umpotencial de ação que dará origem a uma contração única e brusca com duração de apenas uma fração de segundo. O potencial de ação ocorre em dois estágios capazes de gerar variações nos impulsos eletroquímicos em suas membranas que são despolarização e repolarização, respectivamente (GUYTON & HALL, 2002).
O estudo do conjunto nervo-músculo esquelético é importante porque leva ao entendimento dofuncionamento fisiológico do mecanismo de condução dos impulsos eletroquímicos que promovem a excitação muscular. Assim sendo, a compreensão do estudo apresentado é fundamental para o entendimento do funcionamento de todo o organismo humano, pois os processos biológicos conduzidos pelo sistema nervoso ocorrem através do desempenho correto e preciso deste mecanismo, que é responsável pelas diversasalterações celulares relacionadas a questões de capacidade funcional e de independência de movimentos.









2. OBJETIVOS


Compreender a organização e o funcionamento das propriedades fisiológicas do conjunto nervo-músculo esquelético dos animais vertebrados, incluindo o homem, a partir da análise dos mecanismos de transmissão de impulsos e geração de respostas contráteis.3. MATERIAL E MÉTODOS

Procedimento experimental:

I) Anestesia e preparação cirúrgica do animal

Anestesiou-se o animal (Buffus murinus) com aplicação de 1,2 ml de xilocaína 2% no canal vertebral (articulação alto-occipital), depois o mesmo foi fixado em decúbito dorsal na prancha de cortiça e foi feito uma incisão circular no nível da articulaçãocoxo-femoral, a qual foi dissecada e retirada a pele expondo a musculatura da coxa e perna. Prendeu-se o tendão de Aquiles com um fio e cortou-se o mesmo distalmente, separando a seguir os músculos da coxa e localizando o nervo ciático isolando-o com um pequeno pedaço de plástico assim separando-o do músculo na porção mais proximal. Foi colocada a preparação sobre a prancha do miógrafo e prendeu-se o joelhoda pata dissecada com um alfinete e o tendão de Aquiles foi amarrado por um fio na alavanca do miógrafo, tendo o cuidado de manter a musculatura exposta constantemente hidratada com solução Ringer (solução semelhante ao liquido extracelular).
EXPERIÊNCIAS

Foram aplicados estímulos isolados no nervo ciático partindo do ponto de mínima voltagem até alcançar Limiar de Excitabilidade do mesmo, ouseja, até ocorrer contração muscular, depois foi estimulado diretamente o músculo até encontrar seu Limiar de Excitabilidade, feito isso, foram aplicados estímulos isolados de intensidade crescente (do Limiar ao máximo) para registrar as contrações musculares, a seguir foi aplicado estímulo máximo isolado sobre o músculo para registro de gráfico de contração isotônica. Após 3 minutos de repouso...
tracking img